Bradesco (BBDC4), Via (VIIA3), Eletrobras (ELET3) e indicadores dos EUA: confira a agenda do ‘sextou’ do mercado

A semana encerra com uma agenda um pouco mais tranquila no cenário corporativo brasileiro. Bradesco (BBDC4), Via (VIIA3), Eletrobras (ELET3/ELET6), que divulgaram seus resultados do primeiro trimestre de 2023 (1T23) ontem (4), após o fechamento, devem ainda movimentar o mercado hoje (5) com novas informações a partir das teleconferências.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

O Bradesco (BBDC4) registrou um lucro recorrente de R$ 4,28 bilhões no 1T23. Apesar de ser uma queda de 37,3% em relação ao mesmo período do ano passado (1T22), em comparação ao quarto trimestre de 2022, o lucro deu um salto de 168,3%.

A Via (VIIA3) entregou um balanço com um prejuízo milionário nas mãos. A operação da “mãe” da Casas Bahia divulgou que fechou os primeiros três meses do ano com um número negativo de R$ 297 milhões. Na 1T22, a varejista tinha anotado lucro de R$ 18 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

A Eletrobras (ELET3/ELET6), por sua vez, encerrou o primeiro trimestre de 2023 com um lucro líquido de R$ 406 milhões, mas esse montante representa uma queda anual de 85%.

Para depois do fechamento, os investidores podem aguardar o resultado de Vivara (VIVA3).

O que acontece fora do Brasil na sexta-feira

Nos Estados Unidos, o mercado aguarda detalhes do relatório mensal de empregos (payroll) de março divulgado pelo Departamento do Trabalho às 9h30, horário de Brasília. Além disso, o Federal Reserve (Fed) também divulgará o crédito ao consumidor de março, às 16 horas.

Na Europa, a manhã foi de altas moderadas, com os principais mercados europeus espelhando a recuperação esboçada pelos índices futuros de Nova York após balanço da Apple (AAPL34) e na expectativa do payroll dos Estados Unidos.

Na Ásia, as principais bolsas tiveram uma semana de movimentos mistos, também em decorrência da quarta queda consecutiva no pregão de Nova York. 

Além disso, a desaceleração da atividade chinesa em serviços divulgada ontem, indicou uma queda de 1,8 pontos (de 57,8 em março para 56,4 pontos em abril) do PMI Caixin. A preocupação com a velocidade de recuperação chinesa, e a imprevista contração da manufatura, na véspera, tencionou os mercados. Ainda existe uma preocupação com o setor bancário nos EUA.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, no entanto, conseguiu se recuperar com o balanço positivo da Apple (AAPL34). O minério de ferro apresentou mais uma queda, de 0,99%. 

A bolsa de Tóquio e da Coreia do Sul seguem fechadas no feriado. 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Camila Paim

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno