Agenda do Dia: C&A e BMG; Petrobras; Vale; Hypera; Ambev

Agenda do Dia: C&A e BMG; Petrobras; Vale; Hypera; Ambev
C&A (CEAB3)

Os assuntos da Agenda do Dia desta segunda-feira (28) prometem agitar o mercado interno e externo.

A C&A e o BMG realizam suas ofertas públicas iniciais (IPO). A Petobras irá investir US$ 21 bilhões até 2023 no pós-sal de Campos. Estas e outras notícias fazem parte da Agenda do Dia desta segunda.

A Agenda do Dia conta também com a notícia sobre a Ambev, que perdeu R$ 25 bilhões em valor de mercado após a divulgação de seu resultado trimestral.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

C&A e BMG

O Banco BMG e a C&A realizam suas ofertas públicas iniciais (IPO) nesta segunda-feira (28). A precificação inicial do BMG na Bolsa de Valores de São Paulo será de R$ 11,60. Já a C&A definiu seu IPO em R$ 16,50 por ação. A operação do BMG movimentou R$ 1,6 bilhão, sendo R$ 1,2 bilhão da oferta primária.

Petrobras

A Petrobras está investindo para reverter as perdas no pós-sal de Campos. O diretor de exploração e produção da estatal petroleira, Carlos Alberto Pereira de Oliveira espera que sejam investidos US$ 21 bilhões até 2023. O objetivo, segundo ele, é “manter a sustentação da curva de produção da Bacia de Campos”.

Atualmente, a Petrobras produz aproximadamente 980 mil barris de óleo equivalente de petróleo e gás natural. Praticamente metade desse volume vem do pré-sal.

Veja também: Alberto Safra sai do banco da família e planeja abrir novo negócio

“Estamos nesse momento investindo bastante num programa de melhoria da eficiência operacional. Por isso temos visto algumas operações [de plataformas] que acabam tendo que interromper para fazer esse upgrade [melhorias de eficiência]. Temos uma programação que consiste numa série de iniciativas que temos desenvolvido em 2019 e que vão se acentuar ao longo dos anos”, disse o executivo.

Vale

De acordo com um fato relevante veiculado pela Vale, a Samarco conseguiu as licenças ambientais necessárias para reinicias suas operações. Na última sexta-feira, a empresa recebeu a Licença Operacional Corretiva (LOC) para o Complexo Germano, em Minas Gerais. A licença foi aprovada pela Câmara de Atividades Minerárias (CMI) do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam).

A Vale informou que a expectativa é que a Samarco volte a atuar utilizando novas tecnologias para o empilhamento de rejeitos a seco.

Hypera

A Hypera divulgou seu lucro do terceiro trimestre 2019 e informou que a melhora obtida foi impulsionada pelo resultado financeiro da empresa. O resultado financeiro líquido da empresa foi de R$ 8,9 milhões entre julho e setembro. O valor foi três vezes maior do que o registrado no mesmo período do ano anterior.

Veja também: Value Summit: Confira destaques de palestras sobre Small Caps

No quesito operacional, entretanto, a Hypera apresentou uma baixa no desempenho. A margem operacional ficou em 26,58%, 1,33% menor do que a do mesmo período do ano passado. A margem bruta também registrou queda, saindo de 70,66%, no ano passado, para 67,51%.

Na última sexta-feira (25), a Hypera informou seu lucro do trimestre, que ficou em R$ 267,2 milhões, valor 10,3% maior do que o do mesmo perído de 2018. A alta foi relacionada à diminuição da taxa efetiva de Imposto de Renda, por causa do aumento dos juros sobre capital próprio no período, que chegou a R$ 161 milhões.

Ambev

O resultado trimestral da Ambev fez com que a empresa perdesse R$ 25 bilhões em valor de mercado. Na quinta-feira (24), a empresa valia R$ 301,93 bilhões em bolsa. Após a divulgação de seu balanço, a companhia terminou a sexta-feira (25) valendo R$ 276,9 bilhões.

No acumulado da última semana, a queda da Ambev foi de 4,39%. Em outubro, a empresa já estava registrando uma queda de 7,27%. Em 2019, porém, as ações ordinárias acumulam alta de 16,06%.

Cemig e Copasa

De acordo com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), o Governo do Estado possui outras propostas, além da Codemig, de privatização. A ideia é desestatizar a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig).

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião