Luiza Helena Trajano Luiza Helena Trajano

Luiza Helena Trajano

Perfil de Luiza Helena Trajano
Idade 69
Nome Completo Luiza Helena Trajano
Nascimento 09/10/1951
Local de Nascimento Franca, São Paulo, Brasil
Filhos 3
Nacionalidade Brasileira
Formação Direito (Faculdade de Direito de Franca)
Ocupação Empresária
Fortuna R$ 23,5 bilhões (2021)
Estado Civil Viúva
Redes Sociais Twitter Linkedin

Biografia de Luiza Helena Trajano

Quem é Luiza Helena Trajano?

Luiza Helena Trajano é a empresária que, à frente da holding Magazine Luiza, a tornou uma das maiores redes de varejo do Brasil.

Sob a gestão de Luiza Helena Trajano, a empresa cresceu e alcançou a marca de 1000 lojas do Magazine Luiza, distribuídas em 16 estados do Brasil, o e-commerce e um quadro com mais de 40 mil funcionários. Hoje, a empresa está sob comando de seu filho Frederico Trajano.

Coube a Luiza transformar a empresa familiar na gigante do varejo, que foi responsável por uma das maiores altas da história da bolsa de valores brasileira.

Segundo a lista da Forbes 2021, Luiza Trajano tem um patrimônio de 23,5 bilhões de reais, o que a coloca em 2º lugar no ranking das mulheres mais ricas do Brasil.

Biografia de Luiza Trajano

Luiza Helena Trajano
Foto: World Economic Forum/Benedikt von Loebell

Luiza Trajano é natural de Franca, no interior de São Paulo. Ela nasceu em 9 de outubro de 1951.

A ex-presidente do Magazine Luiza começou a vida profissional ainda criança, aos 12 anos: na época, ela abriu mão de suas férias escolares para auxiliar como balconista na loja dos tios, chamada Cristaleira – um pequeno comércio que vendia lembrancinhas.

Para escolher um novo nome para o estabelecimento, a tia de Luiza criou um concurso na rádio para que os moradores de Franca pudessem opinar.

Devido a isso, a Cristaleira foi rebatizada para Magazine Luiza – em homenagem a dona, a tia de Luiza, que tinha o mesmo nome.

Ao completar 18 anos de idade, Luiza Helena começou a trabalhar de maneira efetiva no comércio da família.

Formada em direito pela Faculdade de Direito de Franca, ela atuou em diversos setores do Magazine Luiza, como o de venda e o de cobrança.

O início para alcançar o posto mais alto da empresa veio em 1991, quando sua tia lhe avisou que estava na hora de ela assumir os negócios.

Em 1992, ela começou a modernizar a empresa através de uma série de inovações. Com a ajuda de um vendedor, o cliente ia até uma unidade do Magazine Luiza e, pelo computador, comprava mercadorias que não estavam expostas. A ação recebeu o nome de Lojas Virtuais.

Para driblar as baixas vendas do mês de janeiro, ela implementou uma das ações da loja (que é destaque até hoje) nas manchetes de jornais: A Liquidação Fantástica.

Com descontos significativos, os produtos de mostruários são vendidos e levados pelos compradores na hora.

Em 2008, Luiza Helena Trajano se tornou a presidente da rede. Frederico Trajano, um dos filhos da Luiza Trajano, sucedeu o cargo de CEO em 2016.

O trabalho de Luiza fez com que o Magazine Luiza se transformasse em case de sucesso na Harvard Business School.

Durante o governo de Dilma Rousseff, a ex-presidente do Brasil chegou a convidar Luiza Helena Trajano para assumir o Ministério da Micro e Pequenas Empresas. Trajano refutou o convite por não querer se envolver no meio político.

Além das atividades que exerce no Magazine Luiza,Luiza Helena Trajano lidera o Grupo Mulheres do Brasil – formado por profissionais que atuam em diversos segmentos da economia.

Luiza Trajano e o Magazine Luiza

Luiza Helena Trajano
Foto: World Economic Forum/Benedikt von Loebell

A Magazine Luiza atuou como empresa do varejo por décadas, sempre possuindo destaque em sua atuação. No entanto, foi em 2009 que Luiza Trajano decidiu convidar o executivo Marcel Silva para auxiliar na gestão da empresa. A partir de então, uma série de medidas foram tomadas.

A operação da empresa foi trabalhada para que Frederico Trajano pudesse assumir como CEO da empresa após a reestruturação dos negócios.

Em 2011, a Magazine Luiza abriu capital na bolsa de valores do Brasil. Apesar de, inicialmente, a companhia não ter se destaco, ela apresentou um crescimento extremamente relevante nos anos seguintes.

Já em 2012, foi criado o LuizaLabs, um laboratório de tecnologia e inovação voltado para o desenvolvimento de novas tecnologias. Entre suas criações, destaca-se a criação do Magazine Você, site onde qualquer pessoa pode criar uma loja virtual e ganhar uma comissão em cima dos produtos.

A razão de tamanho crescimento foi a transformação da varejista tradicional em um e-commerce, vendendo seus produtos tanto no site da companhia quanto em um aplicativo próprio.

A companhia permite que outras empresas anunciem seus produtos através de seu marketplace, fato que tem a colocado entre os principais players dentro do varejo no Brasil.

Atualmente, a Magalu possui diversos serviços financeiros, como o LuizaSeg (venda de seguros), o LuizaCred (serviços financeiros) e Consórcio Luiza (venda de consórcios).

A empresa também iniciou uma política de aquisições bastante relevante, comprando empresas como a Netshoes (e-commerce de artigos esportivos), Zattini (e-commerce de roupas), LogBee (aplicativo de entregas), Época Cosméticos (perfumaria e cosméticos), Estante Virtual (loja online de livros usados), Jovem Nerd (portal de conteúdo geek) além de outras startups e redes locais de varejo.

Não é só no lucro e nas operações que a empresa se destaca: a Magazine Luiza tem, entre seus programas para funcionários, uma iniciativa inovadora: um disk denúncia para que as trabalhadoras denunciem caso sejam vítimas de violência doméstica.

Ações como essas e outras, voltada para o bem estar de seus funcionários, renderam à gigante do varejo citações nas listas de melhores empresas para trabalhar da revista Exame.

Frases de Luiza Helena Trajano

Luiza Helena Trajano
Foto: World Economic Forum/Benedikt von Loebell

As frases da Luiza Helena Trajano são famosos. Alguns exemplos:

“A vida profissional é como uma escada. Você pode subir rápido, mas não pode pular degraus.”

“A gente tem mania de pensar pobre e traçar coisas pequenas. E pobreza atrai pobreza. Tenha metas ousadas.”

“Todo mundo fala que é difícil liderar uma equipe, lidar com pessoas. O meu conselho é: aprenda a tirar o melhor delas. Eu uso isso em todos os aspectos da minha vida. Quando chega uma secretária nova – porque as minhas sempre são promovidas – eu deixo ela trabalhar durante três meses e não falo nada. Não dou nenhum palpite. Quando eu percebo aquilo que ela faz bem, quando entendo o trabalho dela, é aí que apareço para dar sugestões e orientar.”

 “Errar, todo mundo erra. Você precisa dar espaço para que um novo erro aconteça. O importante é redirecionar o erro rapidamente.”

“Quando você tem um cargo alto, as pessoas ao seu redor passam a falar apenas aquilo que você quer ouvir. Mas você só cresce quando ouve aquilo que não quer ouvir. O gestor precisa fazer um esforço para ouvir feedback negativo.”

“Eu sempre digo que a soma de QIs é melhor do que apenas um QI. Por isso, eu dependo das pessoas para fazer o negócio funcionar. Eu não me considero inteligente, mas acho que sei fazer perguntas para as pessoas certas.”

Ler mais

Perfis Relacionados a Luiza Helena Trajano

Compartilhe sua opinião