Brian Acton Brian Acton

Brian Acton

Perfil de Brian Acton
Nome Completo Brian Acton
Nascimento 17/02/1972
Local de Nascimento Michigan, EUA
Nacionalidade Estadunidense
Formação engenharia da computação.
Ocupação empreendedor, filantropo e programador americano.
Fortuna US$ 2,6 bilhões (2021)
Conhecido Como Brian Acton
Estado Civil Casado
Redes Sociais Facebook Twitter Linkedin

Biografia de Brian Acton

Quem é Brian Acton?

Brian Acton é um empreendedor, filantropo e programador americano. Ele é conhecido principalmente por ser o criador do Whatsapp, junto com Jan Koum. Ele vendeu o Whatsapp ao Facebook e criou a Signal Foundation.

Segundo o ranking de bilionários da Forbes, Brian Acton tem um patrimônio avaliado em US$ 2,6 bilhões. Através de sua fortuna acumulada, ele se tornou uma das pessoas mais ricas do mundo.

Embora o Whatsapp pertencer a Mark Zuckerberg, ele foi criado por Acton, o que transformou a comunicação digital. Desse modo, o Whatsapp se tornou um dos principais aplicativos de mensagem do mundo. Esse sucesso fez com que Acton construísse um patrimônio pessoal bilionário.

Biografia de Brian Acton

Brian Acton
Foto: Reprodução/Youtube

Brian Acton nasceu em 17 de fevereiro de 1972 em Michigan, EUA. Embora tenha nascido e vivido sua infância em Michigan, tempos depois ele se mudou para a Flórida Central. Nesse local ele estudou na Lake Howell High School.

Posteriormente a escola, Acton ingressou na Universidade da Pensilvânia. Ele entrou na faculdade através de uma bolsa integral para estudar engenharia. No entanto, ele deixou essa universidade para entrar em outra. Em 1994, se formou em ciência da computação na Universidade Stanford.

Brian Acton passou então a trabalhar no Yahoo!, no ano de 1996. Mas antes disso, ele teve outros trabalhos, como o de administrador de sistemas da Rockwell International, em 1992. Além disso, ele também já foi testador de produtos em empresas conhecidas, como Adobe Systems e a Apple Inc.

Dentro da Yahoo!, Brian Acton conheceu outro funcionário, que entrou no ano de 1998. Se tratava de Jan Koum, com quem Acton trabalhou junto na empresa durante nove anos. Ambos acabaram deixando o Yahoo! em 2007, e depois de um período de férias, eles tentaram entrar no Facebook.

A criação do Whatsapp

Por ironia do destino, Brian Acton e Jan Koum foram rejeitados no Facebook, quando estavam como candidatos para entrar na empresa. Mal sabiam eles que fariam um negócio bilionário com a empresa anos depois. Mas Jan Koum estava muito atento ao que ocorria no mercado, o que fez com que ele tirasse bom proveito disso.

Koum começou a perceber a expansão que ocorreria na Apple para a criação de novos aplicativos na Apple Store. Ao passo que, naquele período, mais especificamente no ano de 2009, ele tinha acabado de comprar um iPhone e a Apple Store tinha apenas sete meses de sua criação.

Através dessa ideia e motivação, foi que Brian Acton e Jan Koum resolveram criar um novo aplicativo. O “Whatsapp”, nome que foi escolhido, foi incorporado em fevereiro de 2009 com a Whatsapp Inc., embora o aplicativo tenha sido criado a partir de 2007.

Whatsapp e Facebook

Nem é preciso dizer sobre o sucesso que o Whatsapp acabou alcançando desde então. O crescimento do aplicativo com o passar dos anos fez com que o Facebook tivesse o interesse em comprá-lo. A negociação envolveria dinheiro e as ações da empresa, e Brian Acton e Jan Koum acabaram aceitando.

O valor da negociação foi fechado em cerca de US$ 22 bilhões, e o Facebook passou a ser dono do Whatsapp desde 2014.  Do total negociado, Brian Acton ficou com US$ 3 bilhões. De qualquer modo, ele deixou o Whatsapp de vez no ano de 2017. O sucesso do aplicativo foi estrondoso, se espalhando por 180 países e alcançando a marca de mais de 1 bilhão de usuários pelo mundo.

No ano de 2018, Brian começou um novo projeto. Ele utilizou cerca de US$ 50 milhões para investir em uma empresa sem fins lucrativos, que é a Signal Foundation. O objetivo na criação desse projeto seria preservar uma comunicação privada.

Essa ideia surgiu porque Brian se tornou um crítico aos rumos que estavam sendo tomados por Mark Zuckerberg com o Facebook. Nesse sentido, passou-se a adotar mudanças na política de privacidade no Facebook e, recentemente, no Whatsapp. Com os dados coletados de usuários para fins comerciais e publicitários, Acton passou a não gostar mais daquilo.

Acton também passou a ser conhecido por diversos trabalhos filantrópicos. Ele e sua esposa, Tegan Acton, passaram a investir em três fundações nesse intuito. Por conta das negociações e projetos de sucesso do programador, Acton acumulou atualmente uma fortuna de cerca de US$ 2,6 bilhões, segundo a Forbes, se tornando um dos homens mais ricos do mundo.

O que você achou da história de vida de Brian Acton? Deixe nos comentários a parte que mais chamou sua atenção.

Ler mais

Compartilhe sua opinião