Weg (WEGE3) lucra 26,2% mais no 3T21, com aumento das vendas

A Weg (WEGE3) registrou lucro líquido de R$ 812,925 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3T21). O valor representa um avanço de 26,2% na comparação anual, entretanto, em relação ao trimestre passado (R$ 1,134 bilhão), trata-se de uma queda de 28,4%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

No relatório do balanço trimestral da Weg, divulgado na manhã desta quarta (27), a companhia esclarece que o lucro líquida e o Ebitda do período de abril a junho foram impactados positivamente com créditos referentes à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins.

Por falar em Ebitda, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização da Weg foi de R$ 1,144 bilhão no período de julho a setembro. Um avanço de 22,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Já na comparação trimestral equivale a uma queda de 17,9%.

O relatório da Weg destaca que a receita operacional líquida da companhia no 3T21 foi de R$ 6,198 bilhões, alta de 29,1% ante o terceiro trimestre de 2020. Segundo a empresa, os números para o mercado externo, interno e externo em dólares são o seguinte:

  • Interno: R$ 2,930 bilhões
  • Externo: R$ 3,267 bilhões
  • Externo (em US$): 624,344 milhões
Gráfico da Receita Operacional Líquida da Weg.
Gráfico da Receita Operacional Líquida da Weg. Fonte: balanço trimestral – reprodução

A Weg ainda esclarece que, a receita líquida do mercado externo obtida em reais foi impactada pela variação do dólar no período de um ano. Entre julho e setembro de 2020, o valor médio do dólar foi de R$ 5,38, enquanto no mesmo período deste ano o valor ficou em R$ 5,23. Houve desvalorização de 2,8% da moeda norte-americana.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Vendas e custos da Weg no 3T21

No negócio de produtos de ciclo curto, como eletroeletrônicos industriais, motores elétricos e equipamentos de automoção, a receita da Weg foi de R$ 984,664 milhões no mercado interno (+23,8% ano a ano) e R$ 1,964 bilhão no mercado externo (+17,0% ano a ano), representando 47,6% da receita total.

Já o segmento de equipamentos para geração, transmissão e distribuição de energia representou 37,1% da receita operacional total da Weg. A venda para o mercado interno aumentou 59,2% em um ano (R$ 1,381 bilhão no 3T21) e para o mercado externo avançou 18,1% (R$ 918,524 milhões).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Os custos dos produtos vendidos (CPV) também aumento no período de julho a setembro, comparando 2020 com 2021. O avanço foi de 10,2%, equivalente a R$ 4,411 bilhões desembolsado pela Weg. A empresa esclarece que houve aumento no preço das principais matérias-primas, como o aço e o cobre.

No mais, também houve aumento nas despesas de vendas, gerais e administrativas, que somaram R$ 663,6 milhões no período, crescimento de 17,5% na comparação com o terceiro trimestre de 2020.

“Quando analisadas em relação à receita operacional líquida, elas representam 10,7%, 1,1 p.p. menor em relação ao 3T20 e 0,4 p.p. menor em relação ao 2T21”, destaca balanço da Weg.

Gráfico de custos da Weg.
Gráfico de custos da Weg. Fonte: balanço trimestral – reprodução

Geração de caixa e dívida

O retorno sobre o capital investido (ROIC) da Weg no 3T21 foi de 31,3%, evoluindo 8 p.p. em relação ao indicador do 3T20. A empresa atribui a melhora ao crescimento da receita e maiores margens de um ano para o outro.

A geração de caixa nas atividades operacionais foi de R$ 625,7 milhões nos nove meses de 2021. O caixa líquido da Weg saiu de R$ 2,215 bilhões em setembro de 2020 para R$ 1,802 bilhão em 2021.

A empresa esclarece que teve custos com modernização e expansão de capacidade produtiva, máquinas e equipamentos. No mais, o relatório da Weg destaca a aquisição da Baldeau que ocorreu no terceiro trimestre de 2021.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2021/09/960x136-1-1.png

Monique Lima

Compartilhe sua opinião