Weg (WEGE3): BTG reitera compra das ações após negócio com Regal Rexnord e prevê valorização de 40%

O BTG Pactual reiterou recomendação de compra para Weg (WEGE3) após a companhia fechar um acordo para aquisição de motores e geradores elétricos do parque industrial da Regal Rexnord por US$ 400 milhões. Para o BTG, a estratégia deixa espaço para Weg ganhar participação em mercados importantes como os Estados Unidos (EUA) e Europa.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

“O acordo amplia a presença produtiva da Weg fora do Brasil, particularmente na América do Norte, onde a companhia alcançou considerável escala e melhorou os retornos”, diz a equipe do BTG.

O banco ainda cita que o múltiplo de aquisição implícito foi de 7,7x Ebitda de 2022, contra os atuais 20x estimados para 2023, o que demonstra uma estratégia de disciplina de capital da Weg.

Segundo analistas do BTG, o negócio também traz outras características interessantes para a WEG, como a ampliação do portfólio de produtos fabricados localmente e complementando linhas já existentes, aceleração de crescimento em mercados chaves e expansão da presença industrial fora do Brasil,  o que deve melhorar a escala operacional e eficiência de custos. 

Neste contexto, o BTG recomenda compra das ações da Weg, com preço-alvo de R$ 50, o que significa um upside de 40%. Nesta terça (26), os papéis da companhia caíram 0,13%, cotadas a R$ 36,08.

Weg: negócio garante uma grande expansão da receita líquida, diz BTG

O BTG avalia que o mercado receberá bem a capacidade de a WEG em acelerar o crescimento em mercados externos em termos de geração de valor. 

“À medida que os investidores precificam o ritmo mais lento de expansão da receita líquida este ano após o grande ciclo de crescimento durante a pandemia, o negócio garante uma grande expansão da receita líquida em mercados importantes”, afirmam os analistas.

Outro ponto destacado é o aspecto defensivo da operação, impulsionando a capacidade de a Weg em ficar à frente de concorrentes e diminuir a diferença de líderes globais como Siemens. 

“Garantir o crescimento da receita líquida e fortalecer sua posição em mercados-chave deve impulsionar a confiança dos investidores no médio e longo prazo na tese de investimento”, explica o BTG. 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Acordo amplia presença mundial 

O negócio, diz o BTG, deve aumentar a presença global em motores e geradores da WEG, o que está alinhado com sua estratégia de expandir sua presença global nesses segmentos.

Além disso, a aquisição reforça a crescente presença da companhia fora do Brasil, especialmente na região Estados Unidos – México e Canadá (USMCA), que vem impulsionando o crescimento da empresa.

Controladas fecham acordo com Regal Rexnord por US$ 400 milhões

Ontem (25), a Weg comunicou que suas controladas indiretas no exterior celebraram com a americana Regal Rexnord contrato para aquisição dos negócios de motores elétricos industriais e geradores no valor de US$ 400 milhões.

A aquisição será realizada pela Weg Eletric Corp e pela Weg Holding B.V, sociedades detidas pela Weg Equipamentos Elétricos S.A, controlada direta da companhia.

Em fato relevante, a Weg disse que a transação tem como foco os negócios de motores elétricos industriais e geradores, vendidos sob as marcas Marathon, Cemp e Rotor, do segmento operacional Industrial Systems da Regal Rexnord, empresa com sede nos Estados Unidos e listada da bolsa de valores de Nova York. A receita operacional líquida desses negócios em 2022 foi de US$ 541,5 milhões, com uma margem EBITDA ajustada de 9,5%.

Ainda de acordo com a empresa, a transação inclui a aquisição de 10 fábricas em 7 países (Estados Unidos, México, China, Índia, Itália, Países Baixos e Canadá), filiais comerciais em 11 países, e uma equipe de aproximadamente 2,8 mil colaboradores no mundo.

“A distribuição geográfica destas operações são complementares a atual presença do Grupo Weg e irão ajudar na obtenção de maior escala e eficiência na redução de custos à medida que integramos as novas operações às existentes”, destacou a companhia.

Companhia fecha nova parceria com a Petrobras (PETR4)

No último dia 13 de setembro, a Weg anunciou o fechamento de uma nova parceria com a Petrobras (PETR4). O objetivo é o desenvolvimento de um aerogerador onshore de 7 MW, que seria o 1º desse porte com fabricação no Brasil.

Conforme o novo acordo, a Petrobras vai investir cerca de R$ 130 milhões nesse projeto nos próximos 25 meses, e que já está sendo iniciado pela Weg.

A nova parceria prevê o desenvolvimento de tecnologias para “a produção dos componentes do aerogerador, adequados às condições eólicas brasileiras, bem como a construção e testes de um protótipo, com contrapartidas técnicas e comerciais para a Petrobras”, diz o comunicado.

A expectativa é de que a produção em série do aerogerador onshore seja feita a partir de 2025.

“Além de seu papel na expansão da energia eólica onshore nacional com o desenvolvimento do aerogerador de 7 MW, esta parceria também prevê a colaboração na avaliação da cadeia de suprimentos e logística para a geração de energia eólica offshore no Brasil”, explica a Weg em nota.

Desempenho anual das ações da Weg

Cotação WEGE3

Gráfico gerado em: 26/09/2023
1 Ano

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno