Warren Buffett vê oportunidades no setor de petróleo e dobra apostas

O megainvestidor Warren Buffett, que já havia tido ganhos com seus investimentos no setor de petróleo e gás durante a pandemia, agora, com o setor reportando lucros recordes em 2023, decidiu ir além e dobrar a aposta.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

O Oráculo de Omaha está aproveitando a queda nos preços das commodities para aumentar ainda mais seus investimentos em algumas das suas áreas favoritas do mercado de petróleo e gás, mostrando uma visão de oportunidades no setor por parte de Warren Buffet, apesar da volatilidade atrelada ao nicho de commodities.

No início deste mês, a Berkshire Hathaway (BERK34) concordou em investir US$ 3,3 bilhões para aumentar sua participação em um terminal de exportação de gás natural liquefeito em Maryland, nos Estados Unidos.

Além disso, a empresa também aumentou sua participação na Occidental Petroleum em 15% e adquiriram mais ações de cinco traders japoneses de commodities.

Simultaneamente, o braço de energia da Berkshire está se empenhando para um projeto de lei que visa investir pelo menos US$ 10 bilhões em usinas de energia a gás natural no Texas, para dar suporte à rede elétrica do estado.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Esses movimentos de Buffett e Charlie Munger ocorrem em um momento em que muitos investidores têm se afastado da indústria de energia devido às preocupações com questões ambientais, sociais e de governança, além dos baixos retornos anteriores à pandemia e o risco de queda na demanda por combustíveis fósseis nas próximas décadas.

Entretanto, alguns especialistas estão vendo a situação por outra perspectiva. De acordo com dados compilados pela Bloomberg, o setor de energia possui o menor múltiplo preço sobre lucro (P/L) entre todos os setores do índice S&P 500 e, ao mesmo tempo, gera o maior fluxo de caixa por ação.

Cole Smead, CEO da Smead Capital Management, que administra bilhões de dólares, incluindo ações da Berkshire e da Occidental, destacou que muitas pessoas estão deixando de considerar a economia analisada por Buffett e Munger.

Ele ressaltou que os retornos sobre o capital no setor de petróleo e gás são extraordinários se comparados a outros setores e, graças às preocupações com questões ESG (ambientais, sociais e de governança), as ações dessas empresas estão mais acessíveis.

Warren Buffett não vê petróleo como ‘anti americano’

Mesmo reduzindo sua participação na Chevron (CHVX34), a Berkshire continua sendo a terceira maior acionista da empresa.

E a estratégia de investimento em empresas como Occidental e Cove Point LNG demonstra a visão de longo prazo de Buffett, que enxerga o papel fundamental dessas companhias no fornecimento de energia para o mundo, independentemente das mudanças no cenário energético.

Apesar das discussões acaloradas sobre a crise climática e o futuro dos combustíveis fósseis, Warren Buffett destaca que é importante tomar decisões racionais e que não acredita que produzir petróleo seja algo ‘anti-americano’.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno