Viveo (VVEO3) compra Azimute Med, de suporte ao paciente, por R$ 38 milhões

Viveo (VVEO3) compra Azimute Med, de suporte ao paciente, por R$ 38 milhões
Ainda em janeiro a Viveo fez sua primeira aquisição do ano - Foto: Pixabay

A Viveo (VVEO3) anunciou ao mercado que está comprando a Azimute Med, empresa referência em Programa de Suporte ao Paciente (PSP), pelo valor de R$ 38 milhões. Trata-se da primeira aquisição de 2022 e a décima desde que adotou a marca Viveo, há cerca de um ano.

“Essa operação reforçará o ecossistema da Viveo e ampliará a atuação da companhia no segmento de serviços”, informou a empresa por meio do fato relevante divulgado na quinta-feira (20).

De acordo com o documento, a Azimute Med encerrou o ano de 2021 com R$ 34 milhões em receitas. O seu foco está em dá suporte a pacientes via call center especializado e canais digitais.

A conclusão da operação está sujeita à implementação de determinadas condições precedentes, dentre as quais inclui a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Veja Também:

Perfil corporativo da Viveo

Fundada há 25 anos pela família Mafra, a Viveo (a qual o nome oficial é CM Hospitalar) surgiu com suas atividades voltadas à exportação e importação de medicamentos.

Desde 2017, a Viveo tem acelerado seu crescimento através de aquisições, incluindo o grupo de higiene pessoal Flexicotton, e empresas como Biogenetix, Vitalab, Byogene, de produtos hospitalares. A lista ainda inclui a fabricante de vacinas Tecnocold e a de fraldas e descartáveis Cremer.

Hoje, a companhia atua na distribuição de materiais médico-hospitalares e medicamentos, em um ecossistema de serviços e produtos desde a fabricação até a entrega.

A empresa também oferece serviços para facilitar a gestão de materiais e medicamentos e atua em canais de venda como hospitais, clínicas, laboratórios, farmácias e atendimento direto ao paciente.

Última cotação

Na última sessão, quinta-feira (20), a ação da Viveo encerrou o pregão em forte alta de 5,07%, negociada a R$ 14,50.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO