Vale (VALE3): barragem em Ouro Preto (MG) sobe nível de emergência

Vale (VALE3): barragem em Ouro Preto (MG) sobe nível de emergência
Vale. Foto: Divulgação

Com as fortes chuvas que atingiram a cidade de Ouro Preto, em Minas Gerais, o nível de emergência da barragem Área IX, da Mina da Fábrica, da Vale (VALE3) subiu do estágio 1 para o estágio 2. Nesse patamar, recomenda-se que vizinhos da barragem deixem o local. As informações são do site G1.

Ao portal, a Agência Nacional de Mineração (ANM) disse que a área dessa barragem da Vale “já estava evacuada havia algum tempo”. A agência também informou que apenas a barragem Área IX teve alteração no nível de emergência. As outras 7 estruturas da da mineradora que ficam na cidade não tiveram mudanças.

Além de elevar o nível de emergência da barragem da Vale, e colocar a cidade em estado de emergência, as chuvas em Ouro Preto causaram um deslizamento de terra que destruiu um casarão histórico.

Um documento visto pelo G1, e assinado por um funcionário da mineradora  afirma que “a barragem segue sendo inspecionada diariamente e monitorada 24 horas por dia, 7 dias por semana, pela Geotecnia Operacional e Centro de Monitoramento Geotécnico (CMG).”

O texto afirma que o nível de água na barragem foi o maior desde o início do monitoramento.

Veja também:

Vale e outras mineradoras respondem sobre segurança de 31 barragens

Empresas mineradoras que atuam em Minas Gerais atenderam ao pedido do governo do Estado e compartilharam os dados sobre o nível de segurança das suas barragens. Ao todo, as mineradoras Vale, CSN Mineração (CMIN3) e ArcelorMittal entregaram relatório sobre as condições de 31 barragens de rejeitos de minério, aponta o jornal Valor Econômico.

As informações foram solicitadas pelo governador Romeu Zema, devido as chuvas fortes que atingem Minas Gerais desde o início da semana e causam prejuízos à atividade econômica e das mineradoras do Estado.

De acordo com determinação do governo estadual e o Ministério Público, as mineradoras teriam 24h a partir de terça-feira (11) para apresentar dados sobre uma série de medidas, como:

  • o nível médio de chuvas nas barragens,
  • plano para o período chuvoso,
  • avaliação da performance do sistema de drenagem,
  • anomalias registradas, e
  • ações adotadas para manutenção e monitoramento das barragens.

Cotação da VALE3

A ação da Vale (VALE3) encerrou o pregão de hoje em queda de 1,52%, valendo R$ 84,20.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO