Semana do Fiagro

Cruzeiro do Sul (CSED3) planeja comprar a UniCesumar, diz jornal

Cruzeiro do Sul (CSED3) planeja comprar a UniCesumar, diz jornal
UniCesumar já teve seu grupo quase fundido à demais da bolsa, mas resiste à aquisições - Foto: Divulgação UniCesumar

A UniCesumar tem recebido propostas de compra de players como a Vitru (dona da Uniasselvi) e a Cruzeiro do Sul (CSED3), mas está resistente a fechar negócio. As informações são do jornal Valor Econômico.

A universidade é cobiçada pelos seus números que incluem 90% dos alunos matriculados no ensino à distância, em alta com a pandemia. Além disso, a UniCesumar soma vários alunos nos cursos de medicina, também em alta. São 334 mil alunos nos dois segmentos.

A Cruzeiro do Sul já levantou R4 1,5 bilhão com bancos, ao passo que a Vitru pode ter contratado a UBS para a operação, dizem as fontes do jornal.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

“De fato, somos muito assediados e nossa postura sempre foi de conversar, estamos abertos a conversas com grupos qualificados. Mas não estamos à venda”, disse Wilson de Matos Filho, vice-reitor e sócio da UniCesumar.

A Vitru chegaram a discutir uma possível fusão antes da Oferta Pública de Ações (IPO, do inglês) da detentora da Uniasselvi, feito em setembro.

Contudo, o acordo foi barrado pelo fato de o grupo da UniCesumar ser maior.

Grupo da UniCesumar registrou receita de R$ 1 bilhão

No acumulado de 2020, o grupo registrou um resultado expressivo que envolve:

  • R$ 1 bilhão em receita
  • 314 mil alunos no ensino à distância
  • 20 mil alunos no ensino presencial (1,7 mil em medicina)

Assim, o grupo Cesumar fica empatado na quinta posição com a Ânima, que também dá seus movimentos no âmbito de aquisições, com a compra recente da Laureate Brasil, um dos maiores grupos de ensino superior privado do país.

O vice-reitor da universidade cita que o projeto é de fazer novas aquisições e realizar uma abertura de capital, tornando a Cesumar uma companhia aberta. Contudo, isso deve ocorrer somente quando o cenário macroeconômico do país melhorar.

“Há oportunidades de aquisições, muitos grupos foram afetados pela redução do Fies [programa de financiamento estudantil do governo federal] e mais recentemente pela pandemia. Procuramos instituições de médio porte com perfil semelhante ao nosso”, afirmou o  sócio do grupo Cesumar, detentor da UniCesumar.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO