IPO: Triple Play e a One Innovation alongam lista de desistências

IPO: Triple Play e a One Innovation alongam lista de desistências
Por que novembro foi o melhor mês da história para as Bolsas de Valores

A companhia de telecomunicações Triple Play e a incorporadora One Innovation são as mais novas empresas a anunciarem a desistência de seus planos de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

A notícia vem à tona depois outros quatro negócios comunicarem a necessidade de dar um passo para trás em seus projetos de abrir capital na bolsa de valores de São Paulo, a B3. Com as duas novas companhias, já são 13 as empresas que desistiram do caminho para o IPO.

A busca por recursos no mercado de ações para financiar projetos de expansão e capitalizar as companhias disparou em meados do ano, quando a bolsa brasileira mostrava forte recuperação da queda registrada em março. O movimento ainda foi impulsionado pela taxa básica de juros (Selic) na mínima histórica, de 2,00% ao ano, e pelo expressivo volume de dinheiro injetado na economia pelo governo federal e pelo Banco Central (BC) para elevar a liquidez no País.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!


Mesmo assim, a alta volatilidade e as incertezas político-econômicas domésticas e internacionais voltou a assolar o mercado de capitais do País, estancando o Ibovespa na barreira dos 100 mil pontos e repelindo a procura por listar novas ações na B3.

Triple Play e a One Innovation renova lista de desistências de IPOs

Mais cedo neste mês, a plataforma digital de aluguel de imóveis Housi; a fornecedora de medicamentos genéricos Elfa; a construtora Patrimar; e a comercializadora de energia elétrica 2W Energia também desistiram da corrida à bolsa.

Ainda existem 42 empresas que esperam o registro da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para seguir com seus planos de IPO. Duas delas, o grupo hospitalar Rede D’Or, e a companhia de educação Cruzeiro do Sul protocolaram seus pedidos ainda neste mês de outubro.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!