Tegma (TGMA3) pagará R$ 22,1 milhões em dividendos e JCP

Tegma (TGMA3) pagará R$ 22,1 milhões em dividendos e JCP
No balanço trimestral da Tegma,, a companhia reportou alta de 19,8% no seu lucro líquido - Foto: Divulgação

A Tegma anunciou o pagamento de dividendos e Juros Sobre Capital Próprio (JCP) no montante de R$ 22,1 milhões. A decisão se deu após reunião feita pela companhia nesta quarta (4).

Do montante, a Tegma pagará:

  • R$16,6 milhões em dividendos intercalares (R$0,2520211124 por ação)
  • R$ 5,5 milhões em JCP (R$0,0840070374 por ação)

Os pagamentos serão feitos no dia 19 de agosto.

“Terão direito ao recebimento dos referidos proventos todos os titulares de ações ordinárias da Companhia no dia 9 de agosto de 2021(Data de Corte), sendo que as ações da Companhia passarão a ser negociadas “ex-dividendos e ex-juros sobre capital próprio” a partir de 10de agosto de 2021″, relata a empresa, em documento arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Tegma beira 20% de alta no lucro

Na temporada de balanços, a companhia divulgou seu resultado ainda antes do pregão desta quinta-feira (5), reportando uma alta de 19,8% no lucro líquido, que foi de R$ 24,2 milhões no acumulado do trimestre.

Além disso, a Tegma apresentou:

  • 27,8 mil veículos transportados (queda de 6,9%)
  • 7,2 mil viagens na divisão de logística integrada (alta de 8,4%)
  • EBITDA ajustado de R$ 35,3 milhões (margem de 14,9%)
  • ROIC de 23,4% (alta de 5,6p.p)
  • Caixa de R$ 92,2 milhões

Panorama da indústria automotiva influenciou resultado

Segundo a companhia, há grande influência da ausência de peças e de problemas recentes da indústria automotiva no seu balanço. “Conforme vem sendo amplamente divulgado, os problemas decorrentes de falta de peças e componentes em diversas indústrias permaneceram acentuados ao longo do segundo trimestre de 2021 e têm afetado especialmente a indústria automotiva”, relata.

“A situação atual tem ocasionado uma grande demanda represada por veículos por parte de toda a economia. As vendas de veículos usados no 1S21 foi 6% acima na comparação com 1S19, o que se reflete em um mercado 5,4x maior que as vendas de veículos novos. A demanda não atendida por parte das locadoras de veículos aumenta mês a mês, indicando que a categoria comprará50% menos veículos este ano(ou 400 mil veículos), de acordo com a ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis)”, segue.

Cotação de TGMA3

Atualmente, os papéis da Tegma estão cotados a R$ 20,94, representando uma queda em todos os acumulados, sendo de 9,1% no semanal e 19,4% no mensal.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!