AGENDA

Taurus (TASA4) não venderá ações até o fim do ano; empresa terá novas lojas no país

Taurus (TASA4) não venderá ações até o fim do ano; empresa terá novas lojas no país
Taurus. Foto: Divulgação

CEO da Taurus (TASA4), Salesio Nuhs afirmou nesta quinta-feira (12) que o controlador da companhia não vai vender mais ações até o final deste ano e deve realizar todos os bônus até o final do mês.

“Temos um compromisso do controlador de subscrever todos os bônus que ele ainda tem até o final de agosto e ele não vai vender ações até dezembro, ordinárias ou preferenciais. É um compromisso que o controlador tem com a diretoria da companhia e com o mercado”, afirmou o CEO da Taurus ao participar de uma live do SUNO Notícias.

A afirmação de Nuhs vem para dar alívio aos investidores, já que havia boatos nas redes sociais de que o o controlador estraria vendendo ações.

Contudo, Nuhs explicou que “não tem nada de errado a movimentação de ação que o controlador fez, e tem muito mais boato do que realidade.”

Segundo o CEO a decisão do controlador de não vender ações até o final do ano aconteceu após uma conversa com a diretoria. “Ele tomou essa decisão para que esse ponto seja definitivamente esclarecido”, salientou.

Durante a live, Salesio também comentou sobre as novas lojas da Taurus no Brasil. A previsão é para que a loja de Brasília seja inaugurada entre setembro e outubro. Já em São Paulo, uma nova loja deve ser lançada e março.

Desempenho da Taurus no trimestre

Na última terça-feira (10) a fabricante de armas divulgou seu balanço no segundo trimestre deste ano. O resultado parece ter agradado o CEO de afirmou: “Acho que a Taurus surpreende a cada trimestre.”

Ao participar de uma live da Necton, Nuhs avaliou que a a empresa teve um trimestre e um semestre “espetacular”. Ele prevê que os resultados futuros também serão positivos.

“A Taurus não é uma onda: é um projeto que vem entregando os resultados antes e maior do que os previstos. A nossa régua sobe a cada trimestre”, disse o CEO na transmissão.

Em relação ao pagamento de dividendos, Sérgio Sgrillo, CFO da Taurus, afirmou em uma live da Eleven, que eles são uma prioridade da companhia.

Sgrillo explicou que o pagamento de dividendos é um compromisso da fabricante de armas e que é algo que está sendo estudado.

“A questão com nosso endividamento não nos preocupa e não deve preocupar nenhum dos nossos investidores”, diz. “Somos uma empresa fortemente geradora de caixa, e isso não impede o pagamento dos dividendos.”

Abertura de capital nos Estados Unidos

A Taurus está presente nos Estados Unidos há cerca de 40 anos, mas suas ações só estão listadas na B3. Ao ser questionado sobre uma possível abertura de capital no exterior, Sgrillo disse que sempre olha as oportunidades nos Estados Unidos “com carinho.”

“Querendo ou não, os Estados Unidos são um mercado muito mais amigável para o nosso negócio”, disse ele.

Nuhs lembrou do investimento que a Taurus fez no estado da Geórgia, sudeste do país: “Pode acontecer alguma coisa do gênero.”,

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião