Startup CodeBit: o desafio de entregar tecnologia de ponta para o 3º setor

A CodeBit é uma startup brasileira especializada em soluções tecnológicas que se destaca no mercado pelo seu foco em educação digital alinhada ao terceiro setor da economia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

A empresa partiu da vontade de criar algo diferente do que o CEO diz que vem se repetindo nas startups: uma preocupação apenas com o lucro e aspectos financeiros. “Algumas startups criam um negócio apenas para sobreviver à próxima rodada de investimentos”, critica Heitor Hákime Cunha, fundador e CEO da CodeBit.

Com essa linha de pensamento, a missão da CodeBit se consolidou para fazer com que a tecnologia chegasse às pessoas comuns, por meio de instituições e organizações sociais.

“O motor do segundo setor precisa contribuir de algum jeito com a sociedade”, afirma Heitor.

Na visão de Heitor, o crescimento da CodeBit foi e ainda é “cadenciado, mas constante”. Nos últimos 3 anos (de 2020 a 2022), o faturamento da empresa foi de 49% no acumulado positivo.

O caminho para o sucesso

O início da apelidada “Code” data de 2014, quando Heitor e seu atual sócio Cássio começam a desenvolver o projeto. Na época, eles trabalhavam em uma outra empresa e pediram um afastamento. Quando concluíram a criação da CodeBit e confirmaram o potencial da marca, convidaram a companhia em que trabalhavam para serem seus primeiros clientes.

O caminho até o sucesso, entretanto, não foi fácil para a CodeBit. Enfrentando os desafios típicos de uma startup em seu estabelecimento no mercado, a empresa começou como uma incubadora e gradualmente se estruturou ao longo de quatro anos. O financiamento inicial foi modesto, com os fundadores abrindo mão de parte de seus salários para impulsionar o negócio. O crescimento significativo trouxe consigo o desafio de escalar a equipe e fazer uma seleção muito cuidadosa de pessoas alinhadas com os ideais da empresa.

Dos 14 funcionários de 2014, hoje a CodeBit expandiu para cerca de 50 pessoas. Esse incremento na mão de obra foi gradual e necessário enquanto que o leque de clientes da startup também crescia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Instituto Natura, Fundação Itaú e mais clientes

Hoje, a CodeBit já registra mais de 50 clientes. A lista extensa de cases de sucesso inclui Médico Sem Fronteiras, Fundação Itaú, Instituto Natura, Instituto Ayrton Senna e Fundação Telefônica Vivo.

A startup atua com dois braços de atuação: desenvolvimento e soluções. Assim, eles trabalham para permitir que pessoas que não têm conhecimento de tecnologia ou que enfrentam desafios no uso do online consigam ter mais facilidade e segurança na hora de acessar.

Atualmente, mais de 80% dos clientes da startup são institutos e organizações sem fins lucrativos. No início, entretanto, conseguir conquistar grandes e médios nomes não era fácil. “Vender tecnologia é diferente de vender um produto, porque é algo que ainda não existe”, explica o CEO. “No passado, quando não tínhamos um portfólio, os clientes que escolheram a gente estavam colocando colocou seu emprego em risco”, brinca.

Destaque do Brasil na AWS

A CodeBit conta oficialmente com o apoio da Amazon Web Services (AWS), como parceiros homologados desde 2019. A ênfase no terceiro setor também ajuda a startup a se destacar na empresa internacional, por ser a única parceria especializada em educação no Brasil e uma entre as duas que focam em organizações sem fins lucrativos.

Além disso, Heitor destaca que a AWS promove belas iniciativas com eles. Um deles é com a ajuda na migração de clientes para a nuvem (clouding, o carro-chefe da AWS), garantindo uma transição suave e segura. A CodeBit também participa de iniciativas de sustentabilidade, colaborando com a AWS em projetos relacionados à proteção da Amazônia e à demarcação de terras.

O futuro da CodeBit e projeções de crescimento

Levando em consideração apenas o ano de 2023, a CodeBit já projeta seu maior crescimento de faturamento dos últimos anos, de 25% em comparação com o ano passado (2022).

O fundador e CEO contou que enxerga no futuro a empresa seguindo um modelo de federação, evitando perder sua essência em meio a um crescimento acelerado. A startup está comprometida em direcionar seus esforços para as soluções certas para demandas de clientes associados ao terceiro setor, especialmente na área de tecnologia, onde a inovação desempenha um papel fundamental e inclusivo.

Atualmente, a CodeBit está com seu escritório fixo em Franca, no interior de São Paulo. Heitor conta que eles perceberam que o modelo de trabalho presencial era o mais benéfico tanto para a produtividade como para as relações entre os colegas de trabalho e sua saúde.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Camila Paim

Compartilhe sua opinião