SEC muda visão e aprova ETFs de ethereum nos EUA

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) aprovou os primeiros fundos negociados em bolsa (ETFs) da criptomoeda Ethereum (ETH) à vista, em um movimento importante para o mercado de criptomoedas. A aprovação foi divulgada pela comissão logo após o encerramento das atividades do mercado nos Estados Unidos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/06/Lead-Magnet-1420x240-3.png

Esse movimento ocorre após a SEC ter aprovado os primeiros ETFs de bitcoin no início deste ano. Na quinta-feira, o regulador aprovou mudanças nas regras para ETFs que investem em ether, a criptomoeda nativa do blockchain ethereum, para diversos grupos, incluindo BlackRock, Fidelity, Invesco e Ark Invest. No entanto, uma segunda rodada de aprovações será necessária antes que os produtos possam ser lançados.

Essa mudança regulatória representa um marco significativo para a SEC, que ficou em silêncio sobre o assunto por meses. Na segunda-feira (20), a comissão repentinamente forneceu feedback aos emissores e bolsas sobre os pedidos pendentes, resultando em uma onda de papelada e revisões. A SEC enfrentou prazos de resposta para os pedidos de ETF Ether da VanEck e Ark na quinta e sexta-feira, respectivamente, de acordo com dados da Bloomberg Intelligence.

Para o site britânico Financial Times, o grupo de ativos digitais Invesco e Galaxy disse que esse é um passo fundamental para oferecer acesso ao Ethereum por meio da estrutura do ETF, que oferecerá aos investidores norte-americanos acesso mais fácil, maior proteção e garantias. “Esperamos que esta aprovação indique a disposição da SEC em aprovar o lançamento desses produtos”, pontuou o grupo.

Também ao site, Katherine Dowling, conselheira geral da Bitwise Asset Management, um dos 11 emissores de ETF de bitcoin dos EUA que solicitou o lançamento de um ETF de Ether, contou que a maioria deles se resignou a uma ordem de desaprovação que estava chegando.

Ainda não está claro se e quando a SEC concederá a segunda rodada de aprovações necessárias antes que os produtos possam ser lançados.

Mas a expectativa gerada pelas aprovações antecipadas impulsionou o preço do Ether em mais de 20% desde segunda-feira e em mais de 60% no acumulado do ano. Às 20h (horário de Brasília), o Ether estava sendo negociado a US$ 3.833, registrando um aumento de 2%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2022/06/Banner-Noticias-1000x325-1.jpg

Ethereum: decisão pode colocar ponto final em longa discussão

Essa decisão da SEC pode encerrar discussões sobre a natureza desses ativos digitais, que perduraram por mais de uma década. O ethereum, com “e” minúsculo, é a criptomoeda associada à plataforma blockchain Ethereum, com “E” maiúsculo, criada por Vitalik Buterin em 2014.

Atualmente, em maio de 2024, a maioria dos aplicativos descentralizados financeiros e de tokenização de ativos opera na rede Ethereum.

O ethereum é considerado um “token de utilidade” e permite acesso a uma variedade de projetos descentralizados. Seu valor é variável e depende da demanda diária. Foi lançado por meio de um ICO em 2014, arrecadando US$ 18 milhões.

Houve debates sobre se o ethereum deveria ser considerado um “security token”, sujeito à legislação de valores mobiliários. Desde setembro de 2022, uma atualização na Ethereum migrou seu algoritmo de mineração de Prova de Trabalho (PoW) para Prova de Participação (PoS).

O ethereum atingiu o valor de US$ 4.900 em novembro de 2021 e espera-se que supere esse patamar com o início das negociações dos ETFs.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/07/Ebook-Fundos-Imobiliarios-Desktop.jpg

Murilo Melo

Compartilhe sua opinião