Santander registra prejuízo de 11,13 bi de euros no 2T20

Santander registra prejuízo de 11,13 bi de euros no 2T20
Santander (foto: divulgação)

A instituição financeira espanhola Santander divulgou, nesta quarta-feira (29), seus resultados referentes ao período de abril a junho deste ano. O banco teve um prejuízo líquido de 11,13 bilhões de euros no segundo trimestre deste ano. O resultado negativo foi influenciado negativamente pela “deterioração das perspectivas econômicas” provocadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Considerando os primeiros seis meses do ano, a perda é de 10,8 bilhões de euros. Vale destacar que o Santander é o maior banco europeu em relação a capitalização na bolsa. “Os últimos seis meses foram dos mais desafiantes da nossa história“, afirmou a presidente do banco, Ana Botín.

“A depreciação não afeta a solidez de nosso balanço. As bases de nossa atividade são sólidas, com um nível de capital na parte superior de nossos objetivos”, disse Botín. O Santander registrou uma depreciação de 12,6 bilhões de euros no primeiro trimestre.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O produto líquido bancário, que equivale ao faturamento do banco, foi de 11,8 bilhões de euros no segundo trimestre. O valor equivale a uma queda de 8% em relação ao mesmo período do ano passado.

A taxa de fundos próprios do Santander, chamadas de CET1, teve uma leve alta e ficou em 11,84%. No final do março, ela se encontrava em 11,58%. A taxa CET1 mede a força financeira do banco.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião