Patrocinado por:

Sanepar (SAPR11) alerta para situação emergencial e fará rodízio

Sanepar (SAPR11) alerta para situação emergencial e fará rodízio
Sanepar (SAPR11). Foto: Foto: Pedro França/Agência Senado.

A Sanepar (SAPR11) alertou sobre a situação de emergência hídrica nas regiões metropolitana de Curitiba e Sudoeste do Paraná. Em fato relevante divulgado na noite da última quarta-feira (5), a companhia citou que o governo do estado está avaliando a redução do volume de água disponível para captação para o consumo humano e dessedentação de animais, causada pela estiagem.

Com isso, a Sanepar e demais prestadoras de serviço de saneamento foram autorizadas a executar rodízio de distribuição de 24 horas considerado da interrupção até a retomada do abastencimento, com prazo de normalização de até mais 24 hora, como uma ação mitigadora.

Segundo a empresa, tais limites podem ser ampliados em “situações emergenciais de manutenção ou decorrentes de caso fortuito e força maior, devendo ser comunicadas para a população e órgãos de fiscalização”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O Instituto Água e Terra (IAT), com o objetivo de outorga de direito de uso de recursos hídricos e autorizações ambientais, realizará ações emergenciais voltadas ao abastecimento público priorizando as demandas das prestadoras de serviço com este fim.

O decreto nº 7554, firmado na última terça-feira (4), terá validade de 90 dias, podendo ser revisto a depender da evolução da situação nas regiões do Paraná, disse a companhia.

Sanepar pagará R$ 296,4 milhões em JCP

A Sanepar aprovou, no fim do mês passado, o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) relativos ao primeiro e segundo semestres do ano passado. Os proventos foram deliberados pelo Conselho de Administração da companhia em junho e dezembro de 2020.

Até junho, a companhia aprovou o pagamento de R$ 150,68 milhões em JCP, com base nos resultados do primeiro semestre. O montante equivale a cerca de R$ 0,093 por ação ordinária, R$ 0,102 por papel preferencial e R$ 0,504 por unit. Terão direito os acionistas com posição acionária em 30 de junho de 2020.

Já em dezembro, a companhia deliberou sobre o pagamento de R$ 145,74 milhões em juros, com base nos resultados do segundo semestre. O montante equivale a R$ 0,0904 por ação ordinária, R$ 0,0994 por papel preferencial e R$ 0,488 por unit. Terão direito os investidores com posição em 30 de dezembro do ano passado.

Segundo a Sanepar, o pagamento que totaliza R$ 0,992 por unit será realizado no dia 18 de junho de 2021.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião