Preço médio da gasolina e do diesel sobe pela 2ª semana seguida

Preço médio da gasolina e do diesel sobe pela 2ª semana seguida
Em nota, o governador do Piauí e coordenador do Fórum Nacional de Governadores, Wellington Dias, afirmou que a decisão sobre o ICMS é mais um gesto para o diálogo e entendimento - Foto: Pixabay

O preço da gasolina e do diesel subiu pela segunda semana seguida no Brasil. De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o valor médio do litro de gasolina vendidos nos postos passou de R$ 6,608, há duas semanas, para R$ 6,664.

Esse valor representa um aumento de 0,8% no preço da gasolina. Na segunda semana de novembro, o preço médio  comum nos postos, de acordo com o levantamento, era de R$ 6,75. No mesmo período de dezembro, o valor estava em R$ 6,70, e, na primeira semana deste ano, apresentou o menor valor – R$ 6,59 na semana que se iniciou no dia 2 e terminou no dia 8.

Em janeiro do ano passado, a gasolina custava em média R$ 4,483. Na comparação de mesmo período, a alta é de 48,65%.

Segundo a ANP, o valor máximo do litro da gasolina vendido hoje nos postos é de R$ 7,99.

Já o litro do diesel começou o ano custando R$ 5,336 e, na semana passada, estava valendo R$ 5,582, alta de 4,6%. Em janeiro do ano passado, o litro do diesel custava em média R$ 3,606, acumulando um avanço de 54,79%.

O reajuste para o consumidor é resultado de um aumento no preço do litro do combustível que foi anunciado pela Petrobras (PETR4) no dia 11 de janeiro. Segundo a agência, esses reajustes ainda estão muito aquém dos anunciado, portanto, é possível que novos aumentos ainda aconteçam nos postos, nos próximos dias.

Os preços dos combustíveis pressionam a inflação e preocupam o governo federal. O Comitê Nacional de Secretários da Fazenda (Comsefaz ) divulgou na sexta-feira (14) que vai encerrar o congelamento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os combustíveis na data originalmente prevista de 31 de janeiro.

Petrobras anuncia aumento do preço da gasolina e do diesel

Em 11 de janeiro, a Petrobras anunciou o aumento dos preços da gasolina, de 4,8%, e do óleo diesel, de 8%. Os reajustes passaram a valer para as refinarias no dia seguinte.

Nas refinarias, o preço do litro da gasolina às distribuidoras passou de R$ 3,09 para R$ 3,24, uma diferença de 15 centavos, ou 4,85%.

Já o do óleo diesel foi reajustado de R$ 3,01 para R$ 3,25, um reajuste de R$ 0,27, ou 8,08%.

Como fez questão de destacar no comunicado, este é o primeiro aumento de preços que realiza em 77 dias. Desde 15 de dezembro, a empresa reduziu o preço da gasolina e manteve o do diesel. A Petrobras diz seguir as variações do petróleo no mercado internacional, que iniciou o ano valorizado, e também o câmbio, como prevê sua política de Preço de Paridade de Importação (PPI).

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO