Ano novo e novas metas? Veja 5 dicas de planejamento financeiro para 2022

Ano novo e novas metas? Veja 5 dicas de planejamento financeiro para 2022
Planejamento Financeiro 2022. Foto: Pixabay

O ano de 2021 passou e com ele as promessas de se planejar melhor financeiramente, com metas de guardar dinheiro e começar a investir. Para muitos, o ano foi tão turbulento e passou tão rápido que essa promessa acabou ficando para 2022. Isso porque muitas pessoas não sabem por onde começar o planejamento financeiro.

Segundo uma pesquisa da fintech Leve, os brasileiros têm dificuldades em se planejar financeiramente e realizar metas de longo prazo.

O estudo, que entrevistou 3.450 pessoas, mostra que 52% das pessoas não possuem ou não sabem montar um planejamento financeiro. Além de guardar e investir, o planejamento é também uma ferramenta para conquistar sonhos.

Confira 5 dicas de planejamento financeiro para 2022

1º Conheça seu orçamento

Não dá para calçar um sapato sem saber o número que se veste. Da mesma forma, não dá para se planejar financeiramente sem saber o quanto se ganha, o quanto se gasta, as despesas fixas e as variáveis.

Isso porque é por meio dessa organização das finanças que a pessoa consegue entender a sua situação.

Para o CEO da Allê Invest, plataforma de consultoria virtual de investimentos, Luiz Macedo, a primeira dica é ter uma planilha ou aplicativo que auxilie na organização das contas.

“Procure uma planilha de controle financeiro ou use um aplicativo especializado para fazer os lançamentos de todas as suas receitas (salário, pró-labore, renda extra, mesada), bem como de seus gastos (moradia, água, luz, gás, educação, saúde, vestuário, bem-estar, lazer e outros)”, disse Macedo.

2º Reserva de emergência

Após montar uma planilha de controle financeiro, a pessoa conseguirá entender sua relação com o dinheiro e observar como conseguirá construir uma reserva de emergência.

A reserva de emergência é uma poupança guardada ao longo de um tempo para cobrir despesas fixas em caso de possíveis imprevistos.

Ela funciona como uma espécie de proteção para que situações urgentes, como uma possível demissão, não interfiram no estilo de vida ou diminuam o poder de compra.

O valor da reserva varia conforme a soma das despesas mensais e o tempo de despreocupação que se deseja ter.

Portanto, se os custos fixos são de R$ 3 mil por mês, e o desejo é de se manter protegido financeiramente por seis meses, o montante da reserva deve ser de R$ 18 mil.

“É importante ter o correspondente a no mínimo 6 meses da sua receita; se você for funcionário público com estabilidade pode ser de até 3 meses, mas se você for autônomo aumente para 12 meses no mínimo.”

Como esse dinheiro deve estar sempre acessível, é interessante que que seja aplicado em um investimento de renda fixa pós-fixado, que tem um menor risco e com liquidez diária.

“A dica é investir em CDBs (certificados de depósito bancário) que remuneram no mínimo 100% do CDI (certificado de depósito interbancário). ”

3º Partiu para Bolsa de Valores

Já tendo o controle de gastos na palma da mão e uma reserva de emergência formada, é importante que a pessoa comece a investir pensando em seu futuro, #partiuparabolsadevalores.

É interessante que a pessoa procure de forma consistente e mensal aplicar um valor, qualquer valor, para o futuro, visando o complemento de sua aposentadoria e manutenção de seu padrão de vida na velhice.

Segundo Macedo, a dica principal é montar uma carteira diversificada, ou seja, com ativos diversos e descorrelacionados.

“Invista em renda fixa, renda variável, ativos internacionais, criptomoedas, ativos alternativos (ligados à economia real), enfim, o importante é conhecer seu perfil de risco de investidor e buscar essa diversificação”, afirma.

Além disso, é interessante também que a pessoa deixe uma significativa parcela dos seus investimentos atreladas em ativos no exterior. “Para isso, é importante buscar apoio de consultores de investimentos para que eles possam ajudar a estruturar melhor essa carteira de longo prazo.”

4º liste seus sonhos

Sabe aquele sonho que parece estar distante por falta de dinheiro? Ele pode estar mais perto com o planejamento financeiro. Portanto, a dica aqui é colocar no papel a lista de desejos como viagens, carros, casas, cursos e filhos.

Coloque no papel tudo que de alguma forma faz seus olhos brilharem e estão no planejamento de vida.

Para alcançar os objetivos e sonhos é preciso ter metas bem definidas – e realistas. Não adianta nada querer chegar ao primeiro milhão em 2 anos investindo R$ 100 por mês, por exemplo.

São essas metas que vão transformar tudo em números e mostrar se os resultados estão indo de acordo com o planejado.

“Nesse ponto é importante ter bom senso e conseguir pensar no que está dentro da sua realidade. O que for possível, planeje com antecedência, repriorize e destine uma parte da sua economia mensal para ativos condizentes com os prazos que deseja realizar seus objetivos”, orienta o especialista.

Há vários simuladores na internet que podem ajudar a entender prazos x ativos. Contudo, é importante ressaltar: não prejudique sua reserva de emergência ou sua reserva de aposentadoria para realizar seus objetivos de consumo e desejo.

5º Evite dívidas

Segundo a pesquisa do ano passado da Confederação Nacional do Comércio, Bens, Serviços e Turismo (CNC), cerca de 12 milhões de famílias estão endividadas.

Trata-se do maior nível de endividamento já registrado pela confederação, que analisa os dados há 11 anos. Ou seja, grande parte dos brasileiros não estão em dia com as contas.

E um dos principais motivos é a falta de um bom planejamento financeiro familiar.

As pessoas não sabem como manejar o que ganham – e gastam mais do que podem. Entrar em dívidas vai comprometer a meta de planejamento financeiro de 2022, pois muito provavelmente terá de pagar os juros, o que pode virar uma bola de neve.

Portanto, manter as contas em dia é o melhor caminho para não entrar em dívidas. E o melhor caminho para não entrar em dívidas é manter um bom planejamento financeiro.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!