Petrobras (PETR4) vai pagar dividendos maiores, beneficiada pela alta do petróleo, diz BofA

Petrobras (PETR4) vai pagar dividendos maiores, beneficiada pela alta do petróleo, diz BofA
Petrobras diz que nos últimos anos "realizou investimentos em seu parque para aumentar a capacidade de processar economicamente o petróleo bruto brasileiro - Foto: Divulgação

De acordo com a análise setorial do Bank Of America (BofA) divulgada nesta quinta-feira (14), a Petrobras (PETR4) deve se beneficiar do aumento do preço do petróleo ao longo de 2022 e entregar maiores dividendos, com diminuição da dívida no próximo ano.

De acordo com o documento, o BofA prevê que o preço do petróleo tipo Brent, que serve de referência para a Petrobras, possa subir para US$ 100 até o terceiro trimestre de 2022. Por isso, o banco de investimentos espera um bom fluxo de caixa para a estatal.

“Nosso cenário básico é que os resultados, liderados pelos fortes preços do petróleo, devem permitir uma redução adicional da dívida e dividendos mais elevados.”

Proventos da Petrobras (PETR4)
Proventos da ação PETR4 nos últimos 5 anos. Foto: Status Invest

E não só, o BofA também espera que a sólida posição financeira da Petrobras permita um plano de negócios mais dinâmico para a estatal, que deve ser divulgado no final de novembro ou início de dezembro, segundo o relatório.

Mas nem tudo são flores, os analistas do banco de investimentos também falam sobre os desafios que a estatal de petróleo do Brasil pode enfrentar.

Desafios da Petrobras em 2022

O primeiro dele é em relação aos próprios preços dos combustíveis. “O forte aumento dos preços da gasolina e do diesel no Brasil nos últimos anos gerou um alto nível de turbulência para a empresa. Nosso cenário básico é que os preços sejam mantidos em linha com os preços internacionais, que é a política declarada da Petrobras”, diz relatório.

O banco de investimentos também destaca que a eleição presidencial de 2022 e o risco Brasil permanecem sendo desafios dentro do cenário macro. Mas, ainda assim “vemos um risco/recompensa positivo para as ações da Petrobras“.

“Preferimos Petrobras como nome que deve obter benefícios importantes dos preços mais altos do petróleo”, diz relatório.

Última cotação

Embora o Ibovespa viva um dia de queda (-0,49%) nesta quinta, a cotação da Petrobras apresenta alta desde a abertura da bolsa de valores. Às 12:35, as ações PETR4 subiam 1,05%, sendo negociada a R$ 29,95.

Nos últimos 12 meses, os papéis preferenciais da Petrobras acumulam 66,25% de valorização, sendo negociados a R$ 30,22 na máxima e a R$ 16,19.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!