Pão de Açúcar anuncia marca própria de cervejas especiais

Pão de Açúcar anuncia marca própria de cervejas especiais
Michael Klein deve acirrar disputa com Abílio Diniz após rumores sobre sua compra da fatia do GPA - Foto: Divulgação Grupo Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar (PCAR4) anunciou, nesta terça-feira (19), que lançará uma marca própria de cervejas artesanais, denominada “Fábrica 1959“. A linha será lançada oficialmente no dia 26 de novembro.

Por meio do lançamento, o grupo pretende impulsionar o aumento das vendas deste segmento. A expectativa é que a Fábrica 1959 seja responsável por 25% de todas as vendas de cervejas especiais do Pão de Açúcar até o final de 2020.

“O lançamento da Fábrica 1959, além de nos colocar em um patamar único dentro da estratégia de fortalecimento das nossas marcas exclusivas, está em linha com os objetivos do grupo de aumentar para 20% a participação nas vendas até o fim de 2020″, disse o diretor de marcas exclusivas do GPA, Samir Jarrouj.

Black Friday Suno – as melhores análises sobre investimentos com descontos incríveis! Cadastre-se para ser o primeiro a saber

As cervejas da marca serão vendidas nas lojas do Pão de Açúcar, no Extra, na Adega Pão de Açúcar e nos sites de comércio eletrônico do grupo. O executivo não mencionou quanto o GPA está investindo na nova marca.

A marca contará com quatro tipos de cerveja, sendo elas:

  • Pilsen, que possui influência alemã;
  • Indian Pale Ale, que leva o estilo norte-americano;
  • Witbier, caracterizada pelo estilo belga;
  • Weiss, que também é influenciada pelas cervejas alemãs.

“Vendemos quase 20 milhões de garrafas por ano de cervejas especiais e esse mercado tem muito potencial de crescimento nos próximos anos porque consumidor está mais maduro a cada ano e vem migrando de cervejas mainstream para cervejas especiais”, afirmou Jarrouj.

Resultados do Pão de Açúcar no terceiro trimestre

No terceiro trimestre de 2019, o GPA registrou alta de 9,5% em sua receita bruta. Com a alta, a receita da companhia alcançou R$ 14,6 bilhões mesmo com a redução de 2,4 p. p. na inflação alimentar no período.

Saiba mais: Grupo Pão de Açúcar registra crescimento de 9,5% na receita no 3T19

O lucro líquido dos acionistas controladores cresceu 42,8%, alcançando R$ 216 milhões, e margem de 1,6% (+0,4 p.p.). O resultado líquido considera a adoção da norma contábil IFRS 16. Excluindo esse efeito, o lucro seria de R$ 192 milhões.

Além disso, o Ebitda ajustado do Grupo Pão de Açúcar registrou expressiva evolução de 31,3%, seguindo a forte tendência de crescimento dos últimos trimestres, totalizando R$ 494 milhões.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião

Manual 10 passos essenciais para se tornar um investidor de sucesso. Baixe Grátis!

Baixar agora!