AGENDA

Oaktree investe US$ 375 mi em dona de direitos da música de Bob Marley

Oaktree investe US$ 375 mi em dona de direitos da música de Bob Marley
Disco de Bob Marley. Foto: Pixabay

A gestora de recursos Oaktree Capital Management investirá até US$ 375 milhões (cerca de R$ 1,92 bilhão) na Primary Wave Music, empresa cujo portfólio conta com canções de Bob Marley e Whitney Houston. A informação é da Bloomberg.

A Oaktree é o caso mais recente de grandes investidores colocando o pé na indústria da música. Parte dos recursos será destinada a uma participação minoritária na Primary Wave, a qual cria e administra fundos que possuem faixas, disse o fundador e CEO Larry Mestel em entrevista à agência. A empresa está avaliada entre US$ 300 milhões e US$ 400 milhões.

O restante será reservado para a aquisição de catálogos de canções adicionais por meio de fundos levantados e administrados pelo negócio.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Antes, a Primary Wave levantou mais de US$ 800 milhões para dois fundos, com o objetivo de adquirir direitos autorais de canções, incluindo uma posição majoritária em faixas de Stevie Nicks, eternizada pelo trabalho na banda de rock Fleetwood Mac.

O investimento da Oaktree coincide com o fechamento antecipado do terceiro fundo da Primary Wave, disseram pessoas com conhecimento do assunto à Bloomberg. O aporte também prepara o terreno para a empresa considerar uma oferta pública de sua operação de fundo, afirmaram as fontes.

Oaktree aposta na indústria da música

A Oaktree se colocou como a companhia do setor financeiro mais recente a fazer uma investimento substancial na indústria musical.

Nos últimos anos, o valor de direitos autorais disparou, conforme serviços de streaming, incluindo Spotify (S1PO34) e da Apple (AAPL34) aqueceram e trouxeram mais receita para o mercado.

A Primary Wave representa o maior investimento de investimento da Oaktree no negócio fonográfico, de acordo com Brian Laibow, diretor administrativo e codiretor da América do Norte na Oaktree.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião