Nubank (ROXO34) mostra crescimento 10x maior que grandes bancos em termos de crédito

Em relatório após analisar dados dos bancos brasileiros, especialistas do Safra apontaram que o Nubank (ROXO34) segue apresentando maior crescimento do crédito em relação aos incumbentes – os chamados “bancões” – expandindo 3,7% mês a mês, ante uma queda de 0,3% dos grandes bancos na mesma base comparativa.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

No outro lado, especialistas apontam aumento dos empréstimos com classificação E-H para o Nubank e o Banco Inter (INBR32), com ROXO34 chegando a 8,9% e o Inter em 8%. Os números representam crescimentos de 20bps e 15bps na base mensal, respectivamente.

“Nesta segunda, 1º de abril, o Banco Central do Brasil (BCB) divulgou os dados do balanço de janeiro de 2024 de cada banco. Notamos que os números “mantiveram o rumo”, sem surpresas inesperadas no início do ano”, diz o Safra sobre os dados recentes.

“Destacamos o Bradesco (BBDC4), cujo lucro voltou ao patamar recorrente, após alguns ajustes em dezembro, ao mesmo tempo em que apresentou melhora na qualidade dos ativos quando analisados os empréstimos com classificação EH”, completa.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Olhando para o setor, o Safra ressalta que tem preferência pelas ações do Itaú (ITUB4), papel para o qual a recomendação da casa é de compra, com preço-alvo de R$ 41.

As ações do banco são negociadas a cerca de R$ 33 atualmente.

Desempenho das ações do Nubank

As ações do Nubank sobem 4,75% no acumulados dos últimos 30 dias na NYSE, onde a companhia é listada, a US$ 11,80.

Em uma janela maior, de 12 meses, os papéis do Nubank sobem 161%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião