NASDAQ 100: Confira as 5 ações que mais desvalorizaram em novembro

NASDAQ 100: Confira as 5 ações que mais desvalorizaram em novembro
NASDAQ 100: Confira as 5 ações que mais desvalorizaram em novembro

O Wall Street manteve a tendência de alta, após encerrar em novembro seu melhor mês desde 1987, enquanto o Nasdaq 100 alcançou novos recordes em um mercado otimista sobre as vacinas contra o novo coronavírus (covid-19). O índice registrou uma alta de 1,28% no mês de novembro, cotado a 12.198,74 pontos.

O Nasdaq 100 é o principal índice de referência da NASDAQ, caracterizado por reunir empresas de alta tecnologia em eletrônica, informática, telecomunicações e biotecnologia. 

Com as anúncios sobre o desenvolvimento da vacina contra a covid-19, algumas companhias, como no caso da Boeing, que também conseguiu aprovação regulatória para a retomada dos voos comerciais do seu avião 737 MAX, fez com que as principais médias de mercado atingissem as máximas durante a semana do feriado de Ação de Graças.

Apesar dos índices de Wall Street terem registrado uma alta mensal, em comparação diária registraram uma queda. Diante disso, confira o encerramento dos principais índices americanos no último dia do mês de novembro:

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Reforçando que esta matéria não é uma recomendação de investimento, confira as cinco ações do Nasdaq 100 que mais se desvalorizaram em novembro.

  • Regeneron Pharmaceuticals: (-5,06%)
  • Biogen: (-4,72%)
  • Xcel Energy: (-3,81%)
  • Incyte Corporation: (-2,42%)
  • Skyworks Solutions: (-0,08%)

Regeneron Pharmaceuticals

A empresa americana de biotecnologia, Regeneron Pharmaceuticals (NASDAQ: REGN), registrou uma queda de 5,06% em novembro.

Embora as ações da empresa tenham subido 38% desde o início do ano, o último mês reverteu para uma queda. As negociações das ações da Regeneron são impactadas pelo desenvolvimento do tratamento da Covid-19, bem como por vacinas desenvolvidas por outras empresas farmacêuticas.

A Regeneron no final de novembro garantiu a aprovação da Autorização de Uso de Emergência do FDA dos EUA para seu coquetel de anticorpos de casirivimabe e imdevimabe para o tratamento de pacientes com coronavírus leve a moderado.

Apesar do medicamento da companhia estar mais avançado em relação à outras empresa, com os anúncios recentes sobre o desenvolvimento das vacinas da Pfizer e da Moderna, haverá menor dependência e necessidade de opções de tratamentos alternativos ao novo vírus.

Biogen

As ações da farmacêutica Biogen (NASDAQBIIB) caíram 4,72% em novembro em comparação com outubro deste ano.

No dia 8 de novembro, após o painel consultivo da Food and Drug Administration ter questionado a eficácia da terapia experimental da empresa para a doença de Alzheimer, as ações da Biogen recuaram 31%, a maior queda intradiária em mais de 10 anos, segundo a Bloomberg.

O valor de mercado da companhia despencou cerca de US$ 19 bilhões em uma semana. Diante disso, analistas reduziram suas classificações para a empresa, como no caso do Bank of America (BofA).

Xcel Energy

A holding de serviços públicos, Xcel Energy (NASDAQ: XEL), teve uma queda mensal de 3,81% em novembro.

As negociações das ações da empresa foram impactadas pelos resultados do quarto trimestre deste ano, que foram prejudicados pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Segundo a Xcel Energy “Como esperado, a COVID-19 teve um impacto adverso, já que as vendas de eletricidade ajustadas pelo clima no terceiro trimestre caíram 2,4%. Embora esses impactos sejam melhores do que o projetado em nossas premissas de orientação, agora assumimos que as vendas anuais de eletricidade diminuirão aproximadamente 3% para 2020”.

Incyte Corporation

A farmacêutica americana, Incyte Corporation (NASDAQ: INCY), registrou uma queda de 2,42% em suas ações no mês de novembro.

As ações da companhia caíram 4,0%, para US$ 83,15, no dia 8 de novembro após a divulgação dos resultados trimestrais da farmacêutica.

A receita ficou em US$ 621 milhões, enquanto a Incyte relatou uma perda de US$ 0,07 por ação, bem abaixo das previsões anteriores de analistas. Segundo as projeções de Wall Street, a receita esperada era de US$ 2,86 bilhões em 2021.

Skyworks Solutions

A empresa americana de semicondutores, Skyworks Solutions (NASDAQ: SWKS) anotou uma queda 0,08% em novembro.

No dia 3 de novembro, a companhia, que fornece semicondutores à Apple, registrou uma queda de 2% após divulgar o resultado para o quarto trimestre deste ano, tendo um desempenho inferior em comparação com seus concorrentes.

A Skyworks já havia reduzido sua projeção de receita para o terceiro trimestre em 7% em junho deste ano, quando o governo de Trump impediu a gigante chinesa de tecnologia Huawei de fazer negócios com empresas americanas. Diante disso, a sanção governamental afetou profundamente os resultados financeiros da empresa, informou a Skyworks.

Além disso, o índice da Nasdaq encerrou o primeiro dia de dezembro em 12.355,11 pontos, uma alta de 1,28%.

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião