PROVENTOS

Patrocinado por:

Mosaico (MOSI3) e BTG (BPAC11) iniciam plataforma de cashback

Mosaico (MOSI3) e BTG (BPAC11) iniciam plataforma de cashback
BTG Pactual (BPAC11) Foto Reprodução Linkedin

A Mosaico (MOSI3) dará início a uma plataforma de cashback que passa a ser implementada de forma gradual para os consumidores da marca Zoom, e feita em parceria com o banco BTG Pactual (BPAC11). O informe foi feito nesta terça-feira (11).

 

As ações da Mosaico operam em alta nesta terça-feira (11), com alta de 7% após a divulgação da notícia. No acumulado da semana, as ações ordinárias já somam alta de preços de 18,1%.

Para a XP, o cashback representa um impacto positivo nos números, gerando uma possibilidade de alta nos números referentes à receita e às visitas.

“Através do cashback, a Mosaico será capaz de reter e monetizar clientes que utilizavam-se de toda jornada de tomada de decisão da plataforma da companhia e finalizavam a compra em uma outra plataforma que oferecia esse tipo de benefício”, diz a corretora.

Corretora vê complemento da proposta de valor das plataformas da Mosaico. Foto: Reprodução Site XP
Corretora vê complemento da proposta de valor das plataformas da Mosaico. Foto: Reprodução Site XP

A plataforma de cashback foi desenvolvida internamente pela Mosaico, em quatro meses. O objetivo da funcionalidade nova é de aumentar a participação da companhia na fase final do funil de compras. O BTG ficará no encargo de gerir a carteira virtual – wallet – do serviço.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa diz que a plataforma deve tornar a experiência dos usuários ainda mais completa e fluida.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

“Além de se educar com nosso conteúdo editorial, consultar preços em centenas de lojas e decidir o melhor momento para comprar, agora poderão acumular cashback em compras realizadas a partir de nossas plataformas de uma forma fácil, precisando apenas estar logado para receber o benefício”, afirma.

“A Mosaico cita ainda que além do aumento do engajamento, recorrência orgânica e a consequente redução no custo de aquisição de clientes, o cashback também diversifica o mix de categorias que compõe a receita, com o acréscimo da navegação orientada à descontos, isto é, em que o usuário acessa nossa plataforma buscando o benefício do cashback e enriquece os dados de compra de cada consumidor em nossas plataformas que, somados aos dados que já possuímos, abrem novas possibilidades de criação e personalização de nossos produtos“, acrescenta.

Mosaico realizou aquisição recente

“Adicionalmente, a entrada da Mosaico no mercado de extensões de navegadores (plug in), com a aquisição do Vigia de Preço, potencializa o serviço de cashback, que também será oferecido fora das plataformas da companhia, interagindo com os consumidores durante sua jornada de compra online em diversos sites”, avalia.

A combinação do cashback e a extensão do navegador, destaca, também reforça a possibilidade de ampliar a participação em categorias de produtos nas quais a Mosaico ainda não tem forte representatividade, como moda e saúde e beleza.

No mesmo relatório citado anteriormente, a XP vê a aquisição como um complemento da proposta de valor da companhia ao “auxiliar os usuários a encontrarem ofertas, cupons e fazer análise de preços durante a sua navegação em sites de e-commerce”.

Além disso, a corretora analisa que a aquisição deve reduzir o custo de aquisição de clientes – o CAC – ao atrair novos consumidores.

A Mosaico irá divulgar seus resultados do primeiro trimestre de 2021 na próxima segunda-feira (17).

Com informações do Estadão Conteúdo

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião