Mark Zuckerberg vende quase US$ 500 milhões em ações da Meta (M1TA34), dona do Facebook

O fundador e diretor-presidente da Meta (M1TA34), Mark Zuckerberg, vendeu quase US$ 500 milhões em ações da dona do Facebook no fim do ano passado. Mesmo após a transação, o executivo ainda detém 13% das ações da companhia.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Segundo documentos regulatórios divulgados na quarta-feira (3), Zuckerberg vendeu as ações em operações de mercado realizadas entre o dia 1º de novembro e o fim de 2023. Foi a primeira vez em dois anos que ele se desfez de papéis.

Vale lembrar que a operação não significa, necessariamente, que o dono do Facebook não acredita mais na valorização das ações. O plano de venda foi aprovado pela Meta em julho de 2023.

De acordo com a Forbes, Zuckerberg é considerada a quinta pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 122 bilhões.

Facebook pagará R$ 5 mil a cada usuário brasileiro por vazamento de dados

Em agosto do ano passado, a Justiça brasileira condenou o Facebook a pagar R$ 20 milhões em danos morais coletivos por problemas de vazamentos de dados ocorridos no país entre 2018 e 2019. A decisão consta da 29ª Vara Cível de Belo Horizonte.

Além disso, a Justiça também firmou que o Facebook deve pagar R$ 5 mil, de forma individual, a cada internauta que tenha sido afetado pelo vazamento de dados e que entrar com ação contra a empresa.

A decisão judicial é fruto de ação coletiva do Instituto Defesa Coletiva, que foi aos tribunais também pleitear sobre vazamentos de outros apps da Meta, como o WhatsApp e o Messenger.

O primeiro vazamento de dados ocorreu em meados de setembro de 2018, por causa de um grupo de hackers ter burlado o sistema de segurança da rede e conseguindo dados pessoais de usuários, incluindo telefones e e-mails.

Em dezembro do mesmo ano, fotos vazaram, além de fotos carregadas que não foram publicadas nos stories. Já em 2019, em meados de abril, senhas de 22 mil contas do Facebook, comandado por Mark Zuckerberg, além de detalhes de mais de 540 milhões de usuários, foram expostos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

Giovanni Porfírio Jacomino

Compartilhe sua opinião