Marfrig cresce 7% na Bolsa após reverter prejuízo e lucrar R$ 4,3 milhões

A Marfrig Global Foods (MRFG3), companhia de 19 anos do setor de alimentos, divulgou os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2019, na última quarta-feira (16). Em consequência do lucro apresentado no período, a empresa apresentou expansão na cotação de seus ativos listados na Bolsa de Valores de São Paulo.

No fechamento desta quinta-feira (16), as ações ordinárias da Marfrig subiram 7,87% a R$ 6,85, na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão). O prejuízo da empresa de alimentos, de R$ 201 milhões, no primeiro trimestre de 2018, foi revertido em um lucro líquido de R$ 4,3 milhões entre janeiro e março deste ano.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

A receita líquida da Marfrig nos três primeiros de 2019 foi dividida na divulgação, conforme:

  • Receita líquida da América do Norte: R$ 1,878 bilhão, contra R$ 1,856 bilhão em igual período de 2018. Desta forma, houve alta de 1,2% na arrecadação.
  • Receita líquida da América do Sul: R$ 2,987 bilhão, contra R$ 3,338 bilhões em igual período de 2018. Desta forma, houve queda de 10,5% na arrecadação.
  • Receita líquida consolida: R$ 10,080 bilhões, contra R$ 9,364 bilhões em igual período de 2018. Desta forma, houve alta de 7,6% na arrecadação total.

O Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization (Ebitda) do primeiro trimestre deste ano foi de R$ 571 milhões. O crescimento anual foi de 15,9% (R$ 493 milhões no primeiro trimestre de 2018).

Por sua vez, a margem Ebitda no primeiro resultado de 2019 foi de 5,7%. Sobre o primeiro trimestre de 2018 (5,3%), o avanço foi de 0,4 p.p.

Operações da Marfrig

A Marfrig possui unidades de abate de bovinos nos Estados Unidos da América (EUA), no Brasil, no Uruguai e na Argentina, conforme a tabela abaixo:

marfrig
Fonte: Marfrig.

Além disso, a companhia brasileira possui unidades de processamento nos mesmos países, capazes de produzir hambúrgueres, de acordo com os dados da tabela seguinte:

marfrig
Fonte: Marfrig.

A Marfrig possui duas grandes divisões: a Marfrig BeefKeystone Foods. Esta última divisão é responsável por fornecer carne a diversas redes de fast-food.

Saiba mais – JBS sobe 8% após CEO dizer que peste suína na China alavancou lucro

De acordo com a companhia de alimentos, “a estratégia continuará pautada na geração de valor sustentável, baseada em cinco pilares”:

  • solidez financeira: com a geração de fluxo de caixa livre, lucro líquido e distribuição de dividendos;
  • excelência Operacional: integração e complementaridade entre as operações América do Sul e América do Norte, gestão e performance e segurança alimentar;
  • sustentabilidade: responsabilidade social e ambiental, parceria com produtores e entidades e bem-estar animal;
  • produtos e clientes: produtos de maior valor agregado, alavancagem comercial e de portfólio e valorização das marcas;
  • governança corporativa: com melhores práticas, maior transparência e evolução contínua do sistema de Compliance.

Clique aqui e confira na íntegra o balanço do primeiro trimestre de 2019 da Marfrig.

Amanda Gushiken

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno