Marcopolo (POMO3) registra lucro de R$ 68,5 milhões; queda de 2% no 4T19

A Marcopolo (POMO3;POMO4) apresentou lucro líquido de R$ 68,5 milhões no quarto trimestre de 2019. O valor representa uma queda de 2% em relação ao mesmo intervalo de 2018.

No acumulado de 2019, a Marcopolo teve lucro líquido de R$ 201,4 milhões, uma alta de 8% em comparação a 2018.

Segundo a empresa do ramo automotivo, a produção de ônibus cresceu 9,5% em 2019, para 25.469 unidades. A demanda do mercado brasileiro teve alta de 20,8% em comparação a 2018. O valor compensou a baixa sofrida nas exportações, de 14,6%. A produção interna, entretanto, caiu no ano passado em 4,2%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

“O ano de 2019 foi marcado pela inconstância da demanda”, informa a empresa em seu relatório. A empresa justifica a baixa nos números da produção pelas exportações mais fracas e pelo volume mais forte de urbanos no mercado interno.

A receita do quarto trimestre da Marcopolo caiu 4%, para R$ 1,19 bilhão. Houve crescimento de 2,8%, porém, no consolidado do ano, para R$ 4,31 bilhões.

Resultado da Marcopolo no terceiro trimestre de 2019

A Marcopolo divulgou o seu balanço trimestral no dia 5 de novembro do ano passado. No período de julho a setembro, a empresa reportou um lucro líquido de R$ 22,3 milhões, com queda de 63% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Veja também: Ambev (ABEV3) apresenta lucro líquido de R$ 12,54 bilhões em 2019

No terceiro trimestre de 2018, a Marcopolo atribuiu aos acionistas um lucro de R$ 63,7 milhões. Neste ano, o resultado foi prejudicado pela queda na receita no Brasil. Além disso, as despesas operacionais e os processos trabalhistas aumentaram, além da retração de 99% no resultado de equivalência patrimonial.

As despesas operacionais da Marcopolo aumentaram 26,2% no terceiro trimestre de 2019, para R$ 106,4 milhões. As despesas com vendas caíram 14%, chegando a R$ 55 milhões. As despesas gerais e administrativas caíram 1,4%, reportando R$ 48,6 milhões.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno