Lojas Renner (LREN3): BB-BI rebaixa preço-alvo das ações, mas ainda vê crescimento

Lojas Renner (LREN3): BB-BI rebaixa preço-alvo das ações, mas ainda vê crescimento
Lojas Renner (LREN3). Foto: Divulgação

O BB Investimentos revisou o valuation das Lojas Renner (LREN3) para incorporar os resultados do primeiro trimestre de 2022 e alterar as premissas de crescimento e rentabilidade da varejista de moda.

Em relatório divulgado nesta segunda-feira (16), o banco de investimentos indica que incorporou mais um desconto aos papéis da Renner, devido ao aumento do custo de dívida e do risco, ambos fatores que pesaram no momento de calcular o novo preço-alvo.

“Com isso, nosso novo preço-alvo para as ações LREN3 ao final de 2022 é de R$ 33,30, ante R$ 33,60 anteriormente”, diz o relatório do BB-BI. O valor ainda representa um potencial de valorização de 30,7% frente ao fechamento anterior, de R$ 25,47.

Em março, o banco de investimentos já tinha feito uma revisão de preço para a empresa com um desconto muito maior do que o registrado agora.

Com maior pressão pelo aumento dos juros e da inflação, que corroem o poder de compra dos consumidores, naquele momento os analistas do BB Investimentos optaram por revisar o preço estimado para as ações da Renner de R$ 51,40 para R$ 33,60 em 12 meses.

O relatório aponta que a reiteração da recomendação de compra é pela sinalização da empresa de conseguir, mesmo em um cenário macroeconômico desafiador, ganhar eficiência e manter vendas robustas.

“Esse desempenho reflete a performance superior que a Lojas Renner entregou em relação aos seus pares no primeiro trimestre deste ano, sinalizando sua capacidade de, gradualmente, ganhar eficiência e manter vendas robustas, mesmo em um cenário macroeconômico ainda desafiador.”

Desempenho das Lojas Renner (LREN3) em 12 meses. Foto: Reprodução/ BB Investimentos
Desempenho das Lojas Renner (LREN3) em 12 meses. Foto: Reprodução/ BB Investimentos.

Tese de investimentos nas Lojas Renner

De acordo com o relatório, a tese de investimentos do BB-BI para as Lojas Renner se baseia no:

  • bom histórico de expansão do parque de lojas físicas combinado com o avanço da estrutura digital, de forma a propiciar uma experiência omnicanal aos seus clientes;
  • no acertado histórico de desenvolvimento de coleções;
  • no oferecimento de produtos financeiros, contribuindo para aumento de vendas e incremento de margens, e
  • no desenvolvimento do ecossistema de moda e lifestyle visando aumentar a jornada do cliente com a marca.

Já na parte de riscos, os analistas apontam que pode prejudicar a varejista de moda falhas no plano de expansão com manutenção de vendas e boas margens, falhas na mensuração dos estoques ou problemas com a atratividade das coleções, aumento de provisões por inadimplência dos produtos financeiros e  novas surpresas em relação à Covid-19.

O BB-BI também destaca as Lojas Renner como um dos seus nomes no segmento de melhores práticas ESG (meio-ambiente, social e governança, na sigla em inglês).

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO