Light (LIGT3) lucra R$ 364 milhões no 3T21, avanço de 167% em um ano

Light (LIGT3) lucra R$ 364 milhões no 3T21, avanço de 167% em um ano
Light (LIGT3). Foto: divulgação

A Light (LIGT3) encerrou o terceiro trimestre de 2021 (3T21) com lucro líquido consolidado de R$ 364 milhões, um avanço de 167,6% ante os R$ 136 milhões registrados um ano antes. De acordo com a empresa, o resultado foi impulsionado pelos números da distribuidora e da comercializadora, que registraram lucro de R$ 374,5 milhões e R$ 22,5 milhões, respectivamente.

Entretando, a unidade geradora de energia da Light registrou um desempenho negativo entre julho e setembro e comprometeu parcialmente o resultado da companhia. O prejuízo da geradora foi de R$ 31 milhões, informa balanço da Light.

“O resultado da distribuidora foi impactado pelo reconhecimento de decisão judicial, do STJ, no valor de R$ 539,9 milhões, que prevê a não incidência do IRPJ/CSLL sobre a atualização pela Selic nos casos de restituição de tributos pagos a maior”, destaca a companhia em relatório trimestral.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 413,1 milhões entre julho e setembro, com queda de 29,6% ante o mesmo período de 2020. Um dos impactos teria sido o reconhecimento de Perdas Estimadas em Créditos de Liquidação Duvidosa (PECLD) da unidade distribuidora.

“Desconsiderando a PECLD não-recorrente reconhecida na Distribuidora, o Ebitda ajustado teria sido de R$453,6 milhões”, diz relatório.

A receita operacional líquida da Light cresceu 23,5% na base de comparação anual e totalizou R$ 3,639 bilhões.

Resultado financeiro e dívida

O resultado da Light no 3T21 apontou para uma dívida líquida consolidada de R$ 7,097 bilhões ao final de setembro, um avanço de 13,6% frente o valor registrado ao final de junho.

Em relatório, a Light destaca o alongamento do perfil da dívida, para um prazo médio de 3,8 anos, frente 2,1 ano em dezembro de 2020. No mais, a alavancagem indicada por dívida líquida/ Ebitda ajustado finalizou o trimestre em 2,44x, acima dos 2,06x ao final de junho.

Já o resultado financeiro da Light ficou negativo em R$ 428,9 milhões, ante resultado financeiro também negativo de R$ 207,1 milhões apurado no mesmo período de 2020. Segundo a empresa, a marcação a mercado dos swaps de dívidas (sem efeito caixa) e encargos da dívida comprometeram o saldo final.

Última cotação da Light

A cotação da Light fechou em alta de 4,19% após o pregão de quinta-feira (11), com as ações valendo R$ 12,44.

Com informações de Estadão Conteúdo. 

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO