PROVENTOS

Patrocinado por:

Klabin (KLBN11): 60% da produção da 1ª máquina de papel de Puma II já foi vendida

Klabin (KLBN11): 60% da produção da 1ª máquina de papel de Puma II já foi vendida
Klabin (KLBN11, KLBN3, KLBN4) - Bobinas de papel. Foto: Divulgação

A Klabin (KLBN11) já firmou contratos de venda para 60% da produção da primeira máquina de papel de Puma II, conforme informou nesta quarta-feira (12).

A empresa já havia anunciado na última semana que irá instalar uma máquina de papel de cartão na segunda fase de construção de sua fábrica no Paraná (projeto Puma II), investimento adicional de R$ 2,6 bilhões. Antes, a Klabin previa que a fabrica produziria papel kraft.

Em 2019, a companhia informou sobre seu projeto Puma II que abrange a construção de duas máquinas de papel na unidade na cidade de Ortigueira (PR). O seu principal objetivo é a expansão da capacidade no segmento de papéis para embalagem. O  valor previsto do investimento era de R$ 9,1 bilhões até 2023, com a nova mudança agora está em R$ 12,9 bilhões.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Ao passo que em 2 de maio, 88% das obras haviam sido executadas e a companhia prevê início de operação na segunda metade de julho.

De acordo com o diretor-geral da companhia, Cristiano Teixeira, nos últimos dois anos a tendência de substituição do plástico vem ganhando força, principalmente, no caso dos sacos de papel e em embalagens de cartão para cervejas, o que traz confiança à escolha de produzir esse tipo de papel.

“O mercado de cartões é menor, com poucos players, de produtos muito tecnológicos, e a Klabin está no jogo. Somos um dos poucos fabricantes globais de LPB [cartões para líquidos]”, disse Teixeira.

Além disso, o executivo informou que para a segunda máquina de Puma II não seria necessário fechar grandes contratos, neste momento, para que ela seja construída.

“O próprio efeito de substituição do plástico nos últimos anos deu à Klabin a confiança de vir com essa máquina. Achamos que estamos bem assertivos nessa decisão”, informou.

O projeto Puma II

Veja abaixo detalhadamente a nova estrutura do projeto Puma II:

  • 1ª etapa: construção de uma linha de fibras principal para a produção de celulose não branqueada integrada a uma máquina de papel kraftliner e kraftliner branco (capacidade de 450 mil toneladas por ano).
  • 2ª etapa: originalmente contemplava a construção de uma máquina de papel kraftliner. Com a revisão do escopo, o Projeto contará com a instalação de uma máquina de papel cartão integrada a uma linha de fibras complementar (capacidade de 460 mil toneladas por ano).

Cotação da Klabin

Por volta das 14h15, a Klabin tinha queda de 1,34%, negociada a R$ 27,92.

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião