Semana do ESG

Quanto Kate Bush já ganhou com hit da trilha sonora de ‘Stranger Things’, série da Netflix (NFLX34)?

Quanto Kate Bush já ganhou com hit da trilha sonora de ‘Stranger Things’, série da Netflix (NFLX34)?
Kate Bush. Créditos: Brian Rasic

Nesta sexta-feira (1º), a Netflix (NFLX34) lança a segunda parte da quarta temporada de Stranger Things, uma das séries mais populares da plataforma de streaming. Durante todos os episódios da temporada, algo se destacou: a canção “Running Up That Hill”, de Kate Bush, lançada há 37 anos, em 1985.

Afastada da cena atual de música pop, Bush contou em entrevistas que só decidiu liberar a música para a série porque a cantora também é fã da série.

Essencial para o desenvolvimento narrativo da história, a canção de Kate Bush viralizou de uma forma sem precedentes para um lançamento dos anos 80: alcançou o topo da Billboard Global 200 (além de outras listas), o primeiro lugar no Top 50 Global do Spotify (S1PO34), principal streaming de música do Ocidente, além de vender mais de 37 mil cópias na primeira semana de contagem da Billboard após a estreia da temporada (entre 03 a 09 de junho).

Mais: Running Up That Hill acumulou mais de 1,8 milhão de vídeos no TikTok.

Com todo esse sucesso, é impossível não se perguntar quanto dinheiro a cantora já embolsou com a música na trilha de Stranger Things. A música da série rendeu muitos milhões à britânica de 63 anos. Quanto exatamente? É o que você vai descobrir agora.

Quanto Kate Bush ganhou via Spotify?

É fácil estimar, pela quantidade de “plays” no Spotify, quanto a cantora está tirando. De acordo com a própria plataforma e como já foi noticiado anteriormente, são aproximadamente 57 milhões de streams por semana, mas a conta não é exata.

O Spotify reportou no início do ano à Forbes dos Estados Unidos que pagou mais de US$ 7 bilhões no ano passado em royalties. A conta é que cada play deve gerar para o artista entre US$ 0,003 a US$ 0,005.

Ou seja, chutando baixo, a principal música da quarta temporada de Stranger Things está entregando US$ 171 mil. No máximo, US$ 285 mil. Com o fechamento da cotação do dólar da última quinta-feira (30), a R$ 5,2348, significa que Kate Bush tem ganhado entre R$ 850,1 mil e R$ 1,4 milhão por semana.

cropped-stranger-things.jpeg
Netflix: Stranger Things, a série de sucesso, estreia hoje a segunda parte da quarta temporada

A apuração do portal americano Quartz diz que a consultoria Luminate, que coleta dados para a Billboard, mostra que Running Up That Hill já foi reproduzida 465 milhões de vezes em todo o mundo, sendo 147 milhões só nos Estados Unidos.

O CEO da Luminate, Rob Jonas, afirma, entretanto, que Kate Bush ganhou aproximadamente US$ 2,3 milhões em royalties de streaming entre 27 de maio, dia da estreia da quarta temporada de Stranger Things, e 23 de junho. Somente entre 16 e 23 de junho, ela embolsou US$ 1 milhão.

Detalhes de copyright

Existem dois aspectos que o público geral tende a não prestar muita atenção quanto se trata de pagamento de artistas. O primeiro é que existe uma distribuidora para colocar as canções em streamings, que no geral não cobra por lançamento de uma música, mas lucra com base numa porcentagem de royalties.

No Brasil, por exemplo, existe a ONErpm, que faz o intermédio entre o artista e as plataformas, como YouTube, Deezer e Spotify.

A distribuidora que toma conta do álbum em que estreou Running Up That Hill é a Warner Music, mas não é licenciada por ninguém. Então quanto a artista está recebendo, de fato?

O segundo aspecto trata da conexão com a gravadora. É preciso considerar alguns pontos: nos créditos vistos no Spotify, quem possui todos os direitos exclusivos de copyright do álbum de Kate Bush, Hounds of Love, é uma companhia chamada Noble & Brite.

No caso, a gravadora é 100% de Kate Bush. Então, a maior probabilidade é que a cantora receba a maioria, possivelmente até mais de 80% – se ela estiver em um acordo de distribuição básico – dos royalties de todas as músicas do disco.

Outro ponto a ser destacado é que a Warner Music Group comprou o Parlophone Label Group, uma gravadora, por 487 milhões de libras esterlinas, em 2013.

Quando a Warner concluiu a compra do PLG, anunciou: “A lista de artistas e o catálogo de gravações do PLG incluem, entre muitos outros… David Guetta, Pablo Alborán, M. […] Blur, Kate Bush, Daft Punk, Edith Piaf, Itzhak Perlman e Maria Callas.”

Muitos artistas decidem vender todo seu catálogo para receber uma grande bolada de uma vez, em troca de seus direitos autorais. No caso da aquisição da Warner, isso significou a retomada de Kate Bush sobre o direito de uso das gravações, conforme mostrou o jornal Music Business Worldwide.

Por fim, Kate Bush ainda vai ganhar mais dinheiro com as vendas físicas e digitais da música. Como ela é a única compositora creditada no single, também recebe por todas as execuções nas rádios. Sobre a Netflix e, de fato, quanto a artista ganhou com a trilha de Stranger Things, não é possível saber, devido ao sigilo de contratos.

Victória Anhesini

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO