Intel (ITLC34) tem pior resultado da história, com prejuízo de US$ 2,8 bilhões

Conforme balanço resultado divulgado no fim da quinta-feira (27), a Intel (ITLC34) anotou um prejuízo de US$ 2,8 bilhões no acumulado do primeiro trimestre de 2023 (1T23).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Com isso, o prejuízo da Intel neste trimestre foi o pior resultado da empresa durante toda a sua história. Até então, o trimestre com a pior ‘última linha’ do balanço havia sido o quarto trimestre de 2017, com US$ 687 milhões de prejuízo.

No indicador de lucro por ação (LPA), frequentemente utilizado no mercado americano, a Intel registrou prejuízo por ação de 4 centavos de dólar por ação.

A receita da empresa, por sua vez, sofreu um recuo de 36% na base anual, para uma cifra de US$ 11,7 bilhões. Trata-se do quinto trimestre consecutivo que o indicador sofre queda.

No caso do faturamento do segmento de computação para clientes – um dos nichos principais do negócio – houve uma queda de 38% na receita gerada, para US$ 5,8 bilhões.

Apesar disso, o diretor financeiro David Zinsner disse que o mercado está a caminho de voltar ao normal ainda no ano de 2023.

A expectativa é de que as companhias que fabricam computadores esgotem seus estoques e passem a aumentar o volume de pedidos.

“Vimos no trimestre uma situação de melhora no mercado de computadores pessoais”, disse o presidente-executivo da Intel, Pat Gelsinger.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

A empresa destaca que a demanda por chips de data centers também caiu nos últimos meses, pressionando ainda mais as vendas da Intel.

No primeiro trimestre deste ano, essa divisão entregou um faturamento de US$ 3,7 bilhões, representando baixa de 39%.

Demissões na Intel

Em linha com as demissões em massa de 2023, a Intel anunciou que irá realizar um desligamento neste ano.

A meta da Intel é de economizar uma cifra de US$ 10 bilhões em despesas até o ano de 2025.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião