IFIX recua em mais um dia de queda do MXRF11; KNSC11 fará sua 4ª emissão de cotas

IFIX recua em mais um dia de queda do MXRF11; KNSC11 fará sua 4ª emissão de cotas
Fundos imobiliários - Foto: Pixabay

O IFIX, Índice de Fundos Imobiliários da  B3 (B3SA3), terminou a sessão desta quinta-feira (27) em queda de 0,21%, aos 2.767,02 pontos.

A cotação do IFIX hoje deu continuidade à sequência de resultados negativos do índice que começou na segunda-feira. Na semana passada, a carteira teórica de fundos imobiliários fechou 1,03% positivo, após sete altas consecutivas.

As principais movimentações do IFIX hoje foram dos FIIs BLMR11 e TGAR11 nas maiores altas e dos FIIs RBRF11 e RBFF11 como piores baixas.

O Maxi Renda (MXRF11), que ontem recuou 3,9%, após a decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a distribuição de dividendos que não deve exceder o lucro contábil, chegou hoje a ceder 2%, mas se recuperou ao final do dia. Minimizando as perdas, fechando em queda de 1,04%, a R$ 9,52.

Além disso, os cotistas do KNSC11 devem ficar de olho, pois o Fundo anunciou sua 4ª emissão de cotas, em uma oferta que estima captar R$ 400 milhões. O preço das cotas será de R$ 89,90, correspondente ao valor patrimonial dos papéis em 14 de janeiro de 2022.

Também anunciou emissão de cotas o FII VGHF11, que fará sua 3ª emissão por meio de uma oferta pública, com valor de cota de R$ 9,80 e captação estimada em R$ 250 milhões.

GGRC11: ganha disputa por valor de aluguel

Já o GGR Covepi Renda (GGRC11) anunciou que a Justiça confirmou decisão favorável ao Fundo em processo iniciado pela locatária Covolan, empresa da área têxtil. A ação do inquilino reinvindicava o direito de pagar apenas 60% do valor do aluguel. Os 40% restantes ficariam suspensos até fevereiro deste ano.

O processo teve início em agosto de 2021 e tramitava em segredo de Justiça. Depois de algumas decisões e novos recursos, o GGRC11 conseguiu parecer favorável e busca reaver os valores devidos pela Covolan que segue inadimplente, , de acordo com o último relatório gerencial.

O inquilino ocupa galpão logístico de 38 mil m² em São Paulo, cujo aluguel é de R$ 537 mil.

Veja também as maiores altas e baixas do dia:

Maiores altas do IFIX:

BLMR11: +4,37% / R$ 7,88
TGAR11: +2,07% / R$ 121,80
AIEC11: +1,84% / R$ 77,40
FIGS11: +1,52%/ R$ 55,47
MALL11: +1,28% / R$ 95,20

Maiores baixas do IFIX:

RBRF11: -2,92%/ R$ 72,80
RBFF11: -2,82% / R$ 54,71
HGBS11: -2,63% / R$ 164,54
RVBI11: -2,31% / R$ 79,67
SDIL11: -2,07%/ R$ 86,15

O que é o IFIX

O IFIX é um indicador criado pela Bolsa de Valores de São Paulo (B3) e tem como objetivo a medição da performance de uma carteira composta por cotas de Fundos Imobiliários.

Monique Lima

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO