Ibovespa cai com ajuste pós carnaval; Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) recuam e Banco do Brasil (BBAS3) fecha em alta

O Ibovespa encerrou a sessão desta quarta-feira (14) em queda de 0,79%, aos 127.018,29 pontos. Em dia de pregão mais curto pela “Quarta-feira de Cinzas”, o índice chegou a atingir a máxima de 128.025,70 pontos, enquanto a mínima registrada foi de 126.662,85 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Foi a quarta perda consecutiva para o índice, que se aproxima da série de cinco sessões negativas ocorrida em outubro passado. Com vencimento de opções sobre o Ibovespa nesta quarta-feira, o giro financeiro subiu a R$ 40,9 bilhões na sessão. Em fevereiro, o Ibovespa cede 0,57% e, no ano, cai 5,34%.

“O CPI de janeiro nos Estados Unidos, divulgado ontem, mostrou alta de 3,1% ao ano, frente expectativa a 2,9% para o mês – ainda assim, em desaceleração ante a leitura de 3,4% ao ano, no mês anterior. Como não tivemos pregão na segunda e na terça, o ajuste veio hoje, em meio ao feriado prolongado na China pela passagem do ano-novo lunar”, diz Gabriela Sporch, analista da Toro Investimentos.

O Ibovespa hoje se descolou das principais Bolsas de Valores de Nova York, que fecharam o dia em alta.

  • Dow Jones: +0,40%, aos 38.424,27 pontos
  • S&P 500: +0,96%, aos 5.000,62 pontos
  • Nasdaq: +1,30%, aos 15.859,15 pontos

As ações de Alpargatas (ALPA4) se destacaram entre os ganhos do dia, com +3,02%, seguido pelos papéis da Telefônica (VIVT3), que avançaram 1,55%.

O pregão foi negativo para as ações de bancos de forma geral, embora os papéis de Banco do Brasil (BBAS3) tenham fechado na contramão, com ganhos de 1,35%.

Já Rede D’Or (RDOR3) liderou as quedas do Ibovespa, com recuo de 5,22%. O segundo principal destaque negativo foi Eneva (ENEV3), cuja desvalorização foi de 3,82%.

O desempenho negativo do índice Bovespa hoje também foi puxado pela baixa das ações mais relevantes do índice. A Vale (VALE3) fechou o dia com desempenho negativo de 0,30%. As ações da Petrobras (PETR4) do tipo preferenciais tiveram perdas de 0,75%, enquanto as ordinárias caíram 1,01%.

O desempenho negativo da Petrobras seguiu em linha com a queda do petróleo no exterior. Os contratos futuros do WTI para março recuaram 1,58%, e os futuros do Brent para abril caíram 1,41%.

Maiores altas do Ibovespa

  • Alpargatas (ALPA4): +3,02%
  • Telefônica (VIVT3): +1,55%
  • Banco do Brasil (BBAS3): +1,36%
  • Natura (NTCO3): +1,27%
  • Embraer (EMBR3): +1,11%

Maiores quedas do Ibovespa

  • Rede D’Or (RDOR3): -5,22%
  • Eneva (ENEV3): -3,82%
  • SLC Agrícola (SLCE3): -3,28%
  • Hypera (HYPE3): -3,14%
  • CSN Mineração (CMIN3): -3,09%

Último fechamento do Ibovespa

O Ibovespa encerrou a sessão de sexta-feira (9) em queda de 0,15%, aos 128.025 pontos.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião