Grana na conta

Ibovespa fecha em queda, aos 119 mil pontos; Petrobras (PETR4) tomba e Vale (VALE3) cai, enquanto Assaí (ASAI3) dispara

O Ibovespa fechou em queda de 2,1% nesta quinta-feira (27), aos 119.989 pontos, em meio a quedas de Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-1420x240-3.png

A valorização dos índices de ações do Ocidente e do petróleo são insuficientes para instigar uma sexta alta consecutiva do Ibovespa nesta quinta-feira, 27. Na quarta, 26, subiu 0,45%, aos 122.560,38 pontos.

Após testar elevação de 0,03%, com máxima aos 122.598,97 pontos, o Índice Bovespa migrou para o terreno de queda, renovando mínima, já tocando a faixa dos 120 mil pontos, puxado pela desvalorização firme e forte de ações ligadas a commodities.

À espera do balanço da Vale, após o fechamento da B3, os papéis da mineradora caem, contaminando o segmento, em dia de recuo de 1,91% do minério de ferro em Dalian. Já os da Petrobras ignoram a alta do petróleo e cedem em meio aos dados de produção da estatal relativos ao segundo trimestre. As ações do setor financeiro também vão na mesma direção, pesando no Índice Bovespa, diante da continuada preocupação com a possibilidade de o governo acabar com os juros sobre capital próprio (JCP) pelo governo.

“O Índice Bovespa teve uma recuperação forte. Vale, Petrobras e bancos caem. Pela concentração que têm no Índice Bovespa somados os respectivos papéis, considerando grande bancos, pesam cerca de 40%, acabam influenciando. Se olhar o Ibovespa, parece que está ruim, mas não está. O indicador está além dos 120 mil pontos, que era aquele ponto em que o mercado antecipava queda dos juros, em meio à deflação e melhora fiscal. Mesmo se corrigir mais, está tranquilo”, avalia Enrico Cozzolino, especialista de análise técnica e sócio da Levante Investimentos.

No final do dia, a Vale divulgará seu balanço relativo ao segundo trimestre, em meio a indicadores sinalizando fraqueza da economia chinesa. A mineradora deve apresentar um lucro líquido menor 48% no segundo trimestre ante igual período de 2022, mas um avanço de 15,7% em relação aos três primeiros meses de 2023, conforme pesquisa do Prévias Broadcast.

Na quarta-feira, a Petrobras informou que fechou o segundo trimestre com produção média de óleo e gás de 2,603 milhões de boe, queda de 0,5% na comparação com o mesmo trimestre de 2022. Já a mineradora deve apresentar um lucro líquido menor 48% no segundo trimestre ante igual período de 2022, mas um avançou de 15,7% em relação aos três primeiros meses de 2023.

Lá fora, prevalece o otimismo, que reflete balanços trimestrais e estimativas de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) tenha encerrado seu ciclo de aumento de juros, após sua decisão de política monetária ontem.

“A expectativa de que os juros nos EUA atingiram o seu pico e os bons resultados de empresas impactam positivamente os ativos de risco”, cita em relatório a MCM Consultores.

No entanto, a economista-chefe da B.Side Investimentos, Helena Veronese, ressalta que os dados dos EUA informados nesta quinta-feira colocam certa incerteza em relação à ideia de pausa na alta dos juros americanos.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu ao ritmo anualizado de 2,4% no segundo trimestre de 2023. O resultado ficou acima da mediana de expectativas de analistas consultados pelo Projeções Broadcast, de alta de 1,8%. “Gera um pouco mais de incerteza”, diz Veronese.

Também hoje, o Banco Central Europeu (BCE) confirmou as estimativas e elevou seus juros em 0,25 ponto porcentual, indicando que deixou a porta aberta em relação às próximas decisões.

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3) caíam 2,36% e lideravam as perdas desta manhã, seguida por Gol (GOLL4), que recuava 2,82%, Bradespar (BRAP4), com -1,87%. A Vale (VALE3), por sua vez, tomba 1,88%.

Na ponta positiva, Assaí (ASAI3) lidera os ganhos após disparar 4,8%, Méliuz (CASH3) subia 1% e Carrefour (CRFB3) avançava 3,70%. Magazine Luíza (MGLU3) subia 1,94%. A Via (VIIA3) avança 0,94%.

Maiores altas e baixas do Ibovespa

Vale (VALE3) traz novos esclarecimentos sobre possível venda de unidade de metais

Após notícias veiculada na mídia de que a Vale (VALE3) estaria próxima de fechar uma venda de 10% da unidade de metais básicos à Arábia Saudita, a mineradora esclareceu que vem buscando uma parceria para o seu negócio de metais para transição energética como parte de sua estratégia de atração de investimento e aceleração de crescimento do negócio.

Além disso, a Vale diz que continua em discussão com investidores para firmar um acordo estratégico para investimentos em seu negócio de metais para transição energética. Assim, a mineradora reitera que as negociações estão em andamento, mas não foram concluídas.

Por fim, a Vale explica que não houve ainda uma decisão definitiva sobre os termos finais do possível acordo, inclusive dos valores envolvidos, nem a aprovação interna.

Produção total da Petrobras (PETR4) tem queda anual de 0,6% no 2º trimestre

Petrobras (PETR4) divulgou um relatório sobre sua produção e vendas no segundo trimestre de 2023 (2T23). Nesse período, a produção média de óleo, LGN e gás natural foi de 2,64 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), 1,5% abaixo do 1T23 e 0,6% inferior ao 2T22.

A Petrobras diz que essa baixa teve como razão principal o maior volume de perdas por paradas e manutenções, assim como pelo declínio natural de campos maduros e de vendas.

Porém, esses efeitos teriam sido parcialmente compensados pelo “ramp-up da P-71, no campo de Itapu, e pelo início de produção dos FPSOs Almirante Barroso, no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos e Anna Nery, no campo de Marlim, além de novos poços de projetos complementares, na Bacia de Campos”.

Já a produção da Petrobras no pré-sal teve um novo recorde de 2,06 MMboed no trimestre, o que corresponde a 78% da produção total da companhia.

Cotação do Ibovespa nesta quarta (26)

O Ibovespa terminou o pregão desta quarta (26) em alta de 0,45%, aos 122.560 pontos.

Com Estadão Conteúdo

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião