Home office: confira sete dicas para trabalhar de forma produtiva

Em meio a pandemia de coronavírus (covid-19), muitas empresas estão recomendando que seus funcionários façam home office para reduzir as chances de contaminação pela doença.

Entre as companhias que liberaram seus funcionários para fazer home office, estão a XP Investimentos, a MasterCard, a CSN e a Linx. Além disso, a medida também está sendo implementada no exterior, em empresas como Google, Facebook, Amazon e Twitter.

O trabalho remoto vai de encontro com uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre como reduzir o número de casos de coronavírus. Segundo a OMS, evitar aglomerações é fundamental para conter a epidemia.

No Brasil, a orientação já foi reforçada pelo Ministério da Saúde e pelos governos, que estão recomendando a suspensão de aulas, eventos esportivos e sessões de cinema, por exemplo. O País já conta com 234 casos confirmados da doença. Somente em São Paulo, o número de pacientes diagnosticados é de 152. No mundo, mais de 181 mil pessoas estão contaminadas pelo vírus.

Oportunidades únicas surgiram com a queda na bolsa! Aproveite e acesse agora nossos relatórios para assinantes.

A prática de trabalhar em casa, no entanto, não ocorre somente em situações extremas. Diversas empresas já permitem que seus funcionários possam optar pelo home office em dias comuns. Em meio a este cenário de intensificação do trabalho remoto, confira como ser mais produtivo ao trabalhar de casa:

Sete dicas para ser produtivo ao trabalhar de home office

Pontualidade

A primeira recomendação para ser produtivo ao trabalhar em casa, é ser pontual. O atraso, que já é extremamente prejudicial em um dia de trabalho clássico, pode ser ainda pior ao operar de forma virtual. Isso porque a tolerância com atrasos ao fazer home office costuma ser ainda menor.

Em ocasiões como reuniões por ligação ou videochamada, por exemplo, é necessário pensar que cada um dos colegas de trabalho se organizou de forma independente. Portanto, o atraso de uma pessoa pode colidir com a programação de outra.

Planejamento

O planejamento é a segunda dica de como ser produtivo ao trabalhar em casa. Além de programar o que fazer no dia, é importante pensar no planejamento semanal. Uma programação pode ajudar a evitar atrasos e é também uma forma de não deixar nada para trás.

Leia também: Coronavírus: Funcionários da Linx farão home office a partir desta segunda

Além disso, é importante lembrar que ao trabalhar de casa, provavelmente será necessário fazer mais ligações, já que não temos colegas de trabalho próximos de nós. Assim, é fundamental planejar também a frequência e a duração destas chamadas.

Regras

Como em qualquer modalidade de trabalho, o home office exige regras. É importante estabelecer como as decisões serão comunicadas, como as reuniões acontecerão e quem será responsável por cada uma das etapas do trabalho, por exemplo.

A necessidade de deixar as regras claras é ainda maior no trabalho remoto. Isso porque a comunicação é debilitada nestas ocasiões, portanto, as regras pré-estabelecidas são essenciais para assegurar a fluidez do trabalho.

Pausa para o café

A pausa para o café, que também acontece no dia-a-dia do escritório, também deve ser mantida durante as operações em casa. Este momento é importante para a produtividade, já que além de servir como descanso, torna a atmosfera de trabalho mais positiva.

Além disso, o intervalo para um café pode ser uma oportunidade de conversar com as pessoas e criar novas ideias ou encontrar soluções para problemas.

Rotina

Ao fazer home office, a rotina se torna completamente diferente em relação aos dias de trabalho presencial. Por conta disso, é importante estabelecer uma rotina e salientar a hora de trabalhar e o momento de descansar.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1-1.png

Vale lembrar que, em muitos casos, a jornada de trabalho em casa pode ser interrompida por membros da família, por exemplo. Assim, é fundamental escolher o melhor horário para trabalhar com poucas interrupções.

Câmera e microfone

As ligações — por vídeo ou não — também fazem parte do trabalho em casa. Em chamadas mais longas ou entre pessoas que ainda não se conhecem, geralmente as câmeras são utilizadas. Quando as ligações são menores ou com pessoas da equipe, pode ser que somente o áudio seja necessário. Porém, em qualquer um dos casos, é importante testar os equipamentos antes.

Ademais, a conexão com a internet também deve ter boa qualidade para não prejudicar as conferências. Por fim, é importante também prestar atenção nas roupas, afinal, embora seja home office, ainda é trabalho.

Confiança

Para manter a atmosfera de trabalho positiva durante o home office e impulsionar ainda mais a produtividade, é fundamental ter confiança em sua equipe de trabalho. Esta credibilidade muitas vezes é afetada pelo fato de não ver e não saber o que seus colegas de trabalho estão fazendo. Dessa forma, é importante sempre compartilhar as informações e sinalizar o que está sendo feito.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião