Semana do ESG

Helicóptero cai na Zona Norte de São Paulo e deixa dois mortos

Helicóptero cai na Zona Norte de São Paulo e deixa dois mortos
Acidente em SP: helicóptero caiu na Zona Norte. Foto: Wikimedia Commons

A queda de um helicóptero no bairro de Parque de Taipas, Zona Norte de São Paulo, causou, segundo o Corpo de Bombeiros, a morte de duas pessoas. O acidente ocorreu próximo a uma torre de alta tensão, em área de muita neblina, na noite desta sexta (5).

A aeronave, que, de acordo com o portal G1, prestava serviços para a XP Investimentos, é do modelo Augusta A109E, prefixo PP-JMA, fabricado em 2010, e pode voar levando sete pessoas.

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, informou que o helicóptero seguia para a cidade de Itapeva (SP). Jardim apurou que o fundador da XP, Guilherme Benchimol, iria embarcar na aeronave nessa cidade no extremo sul do Estado para voltar a São Paulo. Benchimol, segundo Jardim, acabou retornando de carro para a capital.

O helicóptero caiu na Avenida Fernando Mendes de Almeida, altura do número 2.000. Esse local fica na região do pico do Jaraguá, próximo a uma chácara.

Seis viaturas do 2º Grupamento de Bombeiros foram até lá, uma área urbana. Vinte e oito pessoas dos Bombeiros trabalharam na ocorrência.

A dona do helicóptero é empresa Majam. Um dos três sócios é José de Menezes Berenguer Neto, do conselho de administração da XP.

A assessoria de imprensa do banco diz que não havia ninguém da XP na aeronave.

As vítimas são dois homens, mas não foram identificadas oficialmente. A reportagem da Band informou que o piloto e o copiloto da aeronave morreram no acidente.

Pelo Twitter, o Corpo de Bombeiros afirmou que as “causas da tragédia serão investigadas pelos órgãos competentes”.

 

Acidente em SP: helicóptero caiu na Zona Norte. Foto: Reprodução/TV Globo
Acidente em SP: helicóptero caiu na Zona Norte. Foto: Reprodução/TV Globo
Acidente helicóptero. Reprodução/Band
Acidente do helicóptero ocorreu em área de muita neblina na Zona Norte de São Paulo. Reprodução/Band

O G1 divulgou nota da Força Aérea Brasileira (FAB). Haverá investigação do Centro de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) sobre as causas do acidente.

A nota da FAB afirma: “Na Ação Inicial são utilizadas técnicas específicas, conduzidas por pessoal qualificado e credenciado que realiza a coleta e confirmação de dados, a preservação de indícios, a verificação inicial de danos causados à aeronave, ou pela aeronave, e o levantamento de outras informações necessárias ao processo de investigação. O objetivo das investigações realizadas pelo CENIPA é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os possíveis fatores contribuintes.”.

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO