HCTR11 tem nova redução nos rendimentos, mas valoriza investimentos

O fundo imobiliário Hectare CE (HCTR11) distribuiu menos rendimentos neste mês de setembro. A gestora explicou em relatório gerencial divulgado na última sexta-feira (23) que a redução do IPCA prejudicou os resultados do fundo. Por outro lado, o HCTR11 exaltou os números positivos de vendas do setor de multipropriedade e investimentos em CRIs de sua carteira.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-2.png

Em relação aos resultados referentes ao mês de agosto, os dividendos do HCTR11 foram de R$ 1,10 por cota. Esse valor equivale a um dividend yield de 0,91% em relação à cota patrimonial ou de 1,03% em relação à cota a mercado.

O fundo investiu R$ 11 milhões na aquisição e aumento de posição de ativos em carteira, com taxa de IPCA + 11,02%. O HCTR11 também fez vendas de CRIs, arrecadando R$ 7,6 milhões, além do desinvestimento no FII RBHY11, recebendo R$ 3,6 milhões.

O resultado menor é explicado pela redução do IPCA de junho, que foi de 0,67%. Em julho, a queda foi maior, de -0,68%. Porém, os ativos de crédito da carteira do HCTR11 possuem uma cláusula de correção positiva do saldo devedor, com correção monetária do saldo devedor limitada a zero.

O HCTR11 tem reduzido seus rendimentos desde o mês de julho, quando pagou R$ 1,50 por cota. Nos meses seguintes, o FII distribuiu R$ 1,25 e R$ 1,10.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/07/Lead-Magnet-1420x240-1.png

Melhoria no setor de multipropriedade

O mês de julho foi marcado por uma melhora no desempenho de vendas nos empreendimentos de multipropriedade, disse a gestora. A hotelaria nacional, setor que está diretamente relacionado aos ativos investidos pelo HCTR11,  apresentou bons índices de ocupação, justificados pelo aumento na confiança dos consumidores em viajar.

Além disso, os destinos de Gramado, no Rio Grande do Sul e Caldas Novas em Goiás tiveram os aumento de procura pelos turistas. A primeira cidade possui 19% das operações de multipropriedade do HCTR11, com média de 80% de ocupação na hotelaria, e Caldas Novas, possui 32% das operações do FII.

As ocupações são consideradas pela gestora do HCTR11 como termômetro para o acompanhamento do fluxo de turistas, traduzindo-se em movimento nos estandes dos empreendimentos e maior potencial de vendas.

HCTR11 reduz problemas com devedores

No dia 26 de agosto, a Carvalho Hosken pagou a amortização devida de junho com o acréscimo de multa, no valor de R$ 495.619 mil. Desta forma, a securitizadora cancelou a assembleia prevista para o fim de agosto por entender que os descumprimentos responsáveis pela convocação foram resolvidos.

No CRI GVI, a cedente solicitou que o vencimento da operação fosse alterado para dezembro de 2029, um aumento em 18 meses. A empresa também propôs o aumento das remunerações dos CRIs em 100 pontos-base. Neste ponto, o fundo aceitou as solicitações da companhia.

Por fim, o FII Hectare CE adquiriu R$ 11,80 milhões e vendeu R$ 7,60 milhões em CRIs. À exceção do CRI Bewiki II, todos os investimentos do FII foram de aumento de posição em ativos em carteira.

O HCTR11 é um fundo imobiliário que tem como objetivo proporcionar aos cotistas a valorização e a rentabilidade de suas cotas no longo prazo, por meio de investimentos em ativos imobiliários, auferindo rendimentos e ganhos de capital advindos destes.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/Ebook-Acoes-Desktop-1.jpg

Gustavo Bianch

Compartilhe sua opinião

Receba atualizações diárias sobre o mercado diretamente no seu celular

WhatsApp Suno