Grana na conta

Argentina anuncia novo presidente do Banco Central, Guido Sandleris

Após a renúncia súbita de Luis Caputo ao cargo de presidente do Banco Central Argentino após três meses no cargo, Guido Sandleris foi apontado como substituto. Sandleris é especialista em economia internacional, finanças e macroeconomia e possui uma longa carreira acadêmica. Até meados deste ano, servia como secretário de política econômica do Ministério da Fazenda argentino.

A renúncia e designação ocorrem em um dia de greve geral na Argentina, movida pelo acordo entre o país do presidente Mauricio Macri e o Fundo Monetário Internacional, em um cenário de desvalorização intensa do peso e inflação fora de controle.

A presidência argentina confirmou no comunicado que oficializa a designação de Sandleris que Gustavo Enrique Cañonero continuará como vice-presidente do Banco Central.

Guido Sandleris é graduado em Economia pela Universidade de Buenos Aires, mestre pela London School of Economics e doutor pela Universidade Columbia. Tem longa trajetória acadêmica e já passou pela Johns Hopkins University, London School of Economics, Universidade dos Andes, além de ter sido pesquisador visitante no Federal Reserve, no Banco Central de Chile, na PUC-Rio, no Banco Interamericano de Desenvolvimento e no próprio FMI. Atualmente, é professor na Universidade Torcuato Di Tella.

Daniel Quandt

Compartilhe sua opinião