BTLG11 compra três imóveis por R$ 760 milhões; qual o retorno estimado?

O fundo imobiliário BTLG11 fechou novos acordos para comprar três imóveis localizados em São Paulo (SP) pelo valor total de R$ 760 milhões.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Conforme comunicado nesta segunda-feira (27), os ativos comprados pelo FII BTLG11 estão 70% situados em um raio de 30 km e possuem uma área total de 233.000 m². Todos eles estão alugados atualmente.

Além da compra dos imóveis pelo BTLG11, o acordo também inclui um projeto aprovado de 74.000 m², que acontece em conjunto aos imóveis performados.

Desse valor, aproximadamente R$ 440 milhões se referem à primeira parcela e foram pagos no fechamento do acordo. O valor restante, de R$ 320 milhões, será quitado após 18 meses, sendo corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Apesar disso, a conclusão do acordo ainda está sujeita à verificação das condições precedentes que geralmente estão associadas a esse tipo de operação, e que ainda vão ser anunciadas ao mercado.

O pagamento parcelado do recebimento das receitas trará ao fundo imobiliário BTLG11 um yield projetado de 15% até o pagamento da parcela final. A receita estimada da operação é de R$ 0,19 por cota.

O cap rate da operação é de 9,2%, considerando a receita em relação ao preço dos imóveis performados. Segundo a gestão, essa nova transação é “resultado do trabalho ativo que vem realizando com o intuito de gerar valor para o fundo e seus cotistas”.

Rendimentos do BTLG11

O fundo BTLG11 distribuiu R$ 0,74 por cota em rendimentos em 24 de novembro de 2023, quantia que se repetiu pelo 5º mês consecutivo.

Os dividendos do BTLG11 totalizam R$ 8,24 por cota em 2023, apresentando leve crescimento de 1,73% em relação ao valor somado de janeiro a novembro de 2022.

Levando em conta o preço de fechamento da cota nesta sexta-feira (24), de R$ 99,95, o dividend yield (DY) é de 9,01%. Atualmente, a cotação de mercado do FII é 1% superior ao preço da cota patrimonial, que é de R$ 99,06 por cota, somando R$ 2,822 bilhões em patrimônio líquido.

O BTLG11 é um dos fundos imobiliários mais relevantes da B3 em número de investidores, com 254,8 mil cotistas no total. A liquidez média diária totaliza R$ 6,615 milhões, já seu peso no IFIX é de 2,229%.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Tags
João Vitor Jacintho

Compartilhe sua opinião