Fortuna do co-fundador do Nubank supera a de Guilherme Benchimol

Fortuna do co-fundador do Nubank supera a de Guilherme Benchimol
Nubank. Foto: Reprodução Facebook

A revista Forbes divulgou nesta terça-feira (6)  sua famosa lista anual de bilionários, e mostrou que a fortuna do co-fundador do Nubank, David Vélez, fica em torno de US$ 5,2 bilhões (cerca de R$ 30 bilhões).

A riqueza do co-fundador do Nubank superou a de bilionários como o sócio do BTG Pactual, André Esteves, que possui US$ 4,5 bilhões e o fundador da XP, Guilherme Benchimol, cuja fortuna soma US$ 2,6 bilhões.

Além disso, o patrimônio de Abilio Diniz, que soma R$ US$ 2,6 bilhões, também é menor do que a de Vélez em alguns bilhões.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Vídeo Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Os bens do co-fundador do Nubank o tornam a 539ª pessoa mais rica do mundo, e a 12ª mais rica do Brasil, pois apesar de Vélez ser colombiano, boa parte de seu patrimônio é oriundo de uma empresa brasileira.

Vale lembrar que no início desse ano o banco digital se consolidou como a décima empresa mais valiosa do País, quando foi avaliado em US$ 25 bilhões (cerca de R$ 140 bilhões), ainda sem abrir seu capital.

Lista de bilionários da Forbes

A 35ª lista da Forbes dos mais ricos do mundo teve 493 novos bilionários sendo 11 deles brasileiros. Em primeiro lugar do ranking, está o fundador da Amazon, Jeff Bezos.

O executivo ocupa a liderança pelo quarto ano consecutivo, com uma fortuna estimada em US$ 177 bilhões, US$ 64 bilhões a mais do que no ano passado, segundo a revista norte-americana. Além de Bezos, confira outros bilionários que fazem parte da lista:

  • 2º: Elon Musk: Fortuna de US$ 151 bilhões
  • 3º: Bernard Arnault: US$ 150 bilhões
  • 4º: Bill Gates: US$ 124 bilhões
  • 5º: Mark Zuckerberg: US$ 97 bilhões
  • 6º: Warren Buffet: US$ 96 bilhões
  • 7º: Larry Ellison: US$ 93 bilhões
  • 8º: Larry Page: US$ 91,5 bilhões
  • 9º: Sergey Brin: US$ 89 bilhões
  • 10º: Mukesh Ambani: US$ 84,5 bilhões

Por sua vez, o Brasil ganhou 11 novos espaços na lista este ano. Confira novos nomes brasileiros que entraram para a lista em 2021:

  • David Vélez, fundador do Nubank – que apesar de ser colombiano mora no Brasil: US$ 5,2 bilhões
  • O fundador da XP, Guilherme Benchimol, com fortuna de US$ 2,6 bilhões;
  •  André Street, criador da Stone: US$ 2,5 bilhões
  • Eduardo de Pontes, criador da Stone: US$ 2,4 bilhões
  • Fabrício Garcia, com US$ 2,1 bilhões;
  • Flavia Bittar Garcia Faleiros, com US$ 2,1 bilhões;
  • Fernando Trajano, com US$ 1,5 bilhão

Além do co-fundador do Nubank e dos outros 10 novos bilionários, no total, o Brasil tem 57 representantes na lista de bilionários da Forbes.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião