Ford anuncia fechamento de todas suas três fábricas no Brasil

Ford anuncia fechamento de todas suas três fábricas no Brasil
Ford anuncia que fechará suas três fábricas no Brasil

A Ford (NYSE: F) anunciou hoje que fechará todas as suas três fábricas no Brasil em meio a uma reestruturação de seus negócios na América do Sul.

A companhia diz que irá continuar operando no país com negócios de não-manufatura, incluindo seu escritório de desenvolvimento de produtos, na Bahia, sua sede regional e seu campo de provas, esses dois em São Paulo. A produção de veículos da Ford no continente, entretanto, ficará apenas na Argentina e no Uruguai.

As fábricas de Camaçari, na Bahia, que produz o Ford Ka e o EcoSport, e de Taubaté, em São Paulo, onde são produzidos motores, serão fechadas imediatamente. No último trimestre de 2021 será a vez da fábrica em Horizonte, no Ceará, na qual são produzidos a veículos da Troller.

Em 2019, a Ford já havia encerrado sua produção na fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo, onde produzia o Fiesta. O carro, um dos modelos de maior sucesso da Ford, deixou de ser vendido no país.

Agora, os modelos nacionais terão suas vendas interrompidas assim que os estoques terminarem.

A companhia promete “dialogar com sindicatos” para achar a melhor saída possível para o fechamento das plantas com seus funcionários. Ao total, cinco mil vagas devem ser encerradas.

Decisão da Ford vem em meio queda na venda de veículos e maior foco no desenvolvimento de tecnologia

No ano passado, segundo a Anfavea, a Ford vendeu cerca de 119,5 mil veículos no Brasil, número 39,2% menor na comparação com o ano de 2019. Os números da companhia ficaram piores do que os do mercado de automóveis em geral, que apresentou queda de 28,6%.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Após mais de um século de operações no país, a Ford afirmou que a decisão é “difícil, mas necessária para manter a empresa saudável e o negócio sustentável”.

Em nota, a Ford diz que “está mudando para um modelo de negócios enxuto e com poucos ativos”. O foco da companhia será fornecer, segundo ela, conectividade, eletrificação e tecnologias autônomas para seus clientes.

Ebook Gratuito
Baixe agora nosso
Guia de Investimentos para 2021
Confira gratuitamente quais são nossas perspectivas para o ano.

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

Há pouco mais de três meses, Jim Farley assumiu como novo CEO da Ford. Ele prometeu, de inicio, um novo plano para manter o crescimento da empresa e o negócio lucrativo, com redução de custos e aceleração da reestruturação de setores com baixo desempenho da companhia.

A Ford pretende alocar mais capital em seus negócios mais fortes, como, por exemplo, em sua linha de veículos comerciais. Além disso, sobre o comando de Jim Farley, a empresa pretende também focar no desenvolvimento de veículos elétricos e autônomos.

Em dezembro, a Ford havia anunciado o descarte de uma joint venture  com a Mahindra & Mahindra, uma produtora de carros indianas, que iria focar na produção de veículos para mercados emergentes.

Vitor Azevedo

Compartilhe sua opinião