FII VISC11 faz maior compra de shoppings desde o começo da pandemia. Veja as aquisições

O fundo imobiliário Vinci Shopping Centers (VISC11) adquiriu participação em quatro shoppings centers da Ancar Ivanhoe, numa operação de R$ 659,5 milhões. Trata-se da maior transação no setor desde o começo da pandemia, em março de 2020.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/Lead-Magnet-Dkp-1.png

Em fato relevante, o FII VISC11 informa que os recursos partiram da 7ª emissão de cotas do fundo, concluída nesta semana. Eles levantaram R$ 363,8 milhões com a emissão e também realizaram uma operação estruturada de securitização de R$ 395,7 milhões, com vencimento para 15 anos.

Segundo o Estadão, o principal subscritor das cotas foi a própria Ancar Ivanhoe. A empresa “trocou” os shoppings, ativos de baixíssima liquidez, por cotas do fundo Vinci Shopping na B3, que podem ser negociadas a qualquer momento.

A aquisição do fundo VISC11 compreende os seguintes ativos:

  • 21,49% do Pantanal Shopping, localizado em Cuiabá (MT);
  • 49,0% do Porto Velho Shopping, em Porto Velho (RO);
  • 40,0% do Shopping Boulevard, no Rio de Janeiro (RJ); e
  • 100% do North Shopping Maracanaú, localizado em Maracanaú (CE).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240.jpg

A operação garante ao fundo parte dos resultados financeiros dos shoppings, proporcionalmente à participação adquirida em cada um deles. Com isso, o fundo imobiliário Vinci Shopping passa a deter 19 shoppings centers em seu portfólio, distribuídos em 12 estados, com presença em todas as regiões do país.

Segundo o fundo imobiliário, a transação representa um incremento de R$ 0,03 por cota no rendimento mensal distribuído aos cotistas do FII VISC11.

Adicionalmente, a gestão do Vinci estima que o rendimento mensal distribuído de outubro de 2021 a setembro de 2022 se situe entre R$ 0,60 e R$ 0,66 por cota. “Esta estimativa não representa promessa ou garantia de rentabilidade ou isenção de riscos para os cotistas”, ressalta o fato relevante do VISC11.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/05/1420x240-2.png

Última cotação do VISC11

Após as operações de terça-feira (28), a cotação do VISC11 no IFIX fechou em queda de 0,24%, com a cota sendo negociada a R$ 101,75.

De janeiro até o fechamento de ontem, o fundo imobiliário VISC11 acumula desvalorização de 12,09%, com a cota valendo R$ 118,88 na máxima e R$ 98,11.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png

Monique Lima

Compartilhe sua opinião