Investidores do fundo imobiliário MCCI11 receberão R$ 1,00, rendimento de 0,97%

Investidores do fundo imobiliário MCCI11 receberão R$ 1,00, rendimento de 0,97%
Prédios. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário Mauá Capital Recebíveis Imobiliários, negociado com o ticker MCCI11, fará uma distribuição de proventos de R$ 1,00 por cota aos seus investidores em janeiro.

O pagamento será efetuado no dia 19. No entanto, apenas os cotistas com cotas do FII MCCI11 ao final de hoje (12) receberão os rendimentos, ao passo que os papéis passam a ser negociados sem direito ao provento a partir de amanhã.

Os rendimentos a serem distribuídos dizem respeito ao lucro obtido pelo fundo em janeiro, e são iguais ao registrado no mês anterior.

Com a variação do valor da cota, o dividend yield deste fundo imobiliário passou de 0,98% para 0,97%. Já o dividend yield do fundo em 12 meses é de 10,95%.

Este fundo imobiliário é especializado em investimentos Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) , e por isso pode ser chamado de FII de Fundo de Papel. Ele está sob administração do BTG Pactual.

Veja os detalhes abaixo:

FII FDO INV. MAUA CAPITAL RECEBIVEIS IMOB. – FII (MCCI11)

  • Rendimento: R$ 1,00
  • Data de corte: 12/01/2022
  • Data do pagamento: 19/01/2022
  • Rendimento (dividend yield): 0,97%

Veja o perfil do MCCI11

O fundo imobiliário é voltado para Investidores em Geral, e a taxa de administração e gestão do MCCI11 é de 1% ao ano.

O fundo imobiliário tem 12.417.281 cotas e 68.809 investidores. Seu patrimônio líquido é de R$ 1.273.722.037.

O patrimônio líquido por cota deste fundo é de R$ 102,58. Este indicador representa todos os bens e direitos do fundo, dividido pelo número de cotas. Uma das formas de utilizar este indicador é compará-lo com o preço da cota no mercado. Caso esteja acima do valor patrimonial por cota, significa que o fundo está valorizado no mercado. Caso contrário, é sinal de desvalorização.

O fundo possui liquidez média diária de R$ 4.552.427,29. O MCCI11 faz parte parte do IFIX, índice do mercado de fundos imobiliários.

Redação Suno Notícias

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!