FI-Infra: confira 5 razões para investir nesses fundos

O setor de infraestrutura no Brasil é altamente promissor e, para quem deseja participar mais ativamente do crescimento da área, não faltam oportunidades. Com o FI-Infra, ou fundos de infraestrutura, o investidor pessoa física tem acesso a um setor regulado, rentável e de baixo risco.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-1.png

Confira a seguir 5 razões para investir em fundos de infraestrutura:

1) Rendimentos que superam títulos públicos

Antes de tudo, é importante ressaltar que o portfólio dos FI-Infras é composto por títulos de dívida do setor privado, desde que sejam associados aos projetos de infraestrutura. Sendo assim, o mercado espera uma maior rentabilidade desses proventos, já que os títulos públicos possuem menor risco.

Assim, toda a discussão atual em torno da inflação interessa ao investidor de fundos de infraestrutura, que tem a possibilidade de buscar retornos para superar os juros reais dos títulos públicos, caso do Tesouro IPCA+ (NTN-Bs), negociado no Tesouro Direto.

2) Fundos listados disponíveis na B3

Vale lembrar que os fundos de infraestrutura são negociados na B3 com o ticker final 11 – importante não confundir com os fundos imobiliários, que também possuem essa numeração. 

Na Suno Asset, o fundo de infraestrutura, conhecido pela sigla SNID11, tem o objetivo de investir em ativos incentivados ligados ao desenvolvimento do setor no país por meio de vários segmentos e companhias, sendo realizado via debêntures. Atualmente, mais de 2 mil cotistas integram o fundo de infraestrutura da Suno Asset.

Algumas empresas brasileiras conhecidas possuem debêntures no SNID11, como a Omega Energia (MEGA3), Unidas (LCAM3), Movida (MOVI3), Aegea, Ecorodovias (ECOR3) e 3R Petroleum (RRRP3), por exemplo.

Atualmente, os FI-Infras listados na bolsa de valores brasileira são: 

FundoTicker
FIC FI BCNABODB11
FIC INFR BTGBDIF11
FIC IE CAPCPTI11
FIC INTERBIDB11
FI ITAUINFRAIFRA11
KINEA INFRAFKDIF11
ORAMA INFRAOGIN11
FIC FI RB ESRBIF11
SPARTA CDIICDII11
SPARTA INFRAJURO11
SUNO FIC FISNID11
FIRF XP IEXPID11

3) Investir em debêntures incentivadas sem desembolsar muito

Além dos títulos de dívida do setor privado, o portfólio dos fundos de infraestrutura é composto por debêntures incentivadas, permitindo que o investidor se exponha na renda fixa de maneira mais barata e diversificada.

Com o valor de R$ 100 por cota, os FI-Infras mantêm a vantagem fiscal das debêntures incentivadas, como o não pagamento do Imposto de Renda, em caso de eventual ganho de capital pelo investidor.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

4) Maior liquidez

A liquidez é um dos maiores benefícios dos FI-Infra, uma vez que o investidor pode vender as cotas no mercado secundário da Bolsa e receber o dinheiro na conta em até dois dias úteis, caso ele não queira mais o ativo.

No caso dos fundos de infraestrutura abertos, contudo, o prazo de resgate pode levar 30 dias ou mais.

5) Maior planejamento financeiro

A aposta em fundos de infraestrutura permite que investidor tenha maior planejamento financeiro ao longo do ano, já que a rentabilidade gerada é totalmente isenta de impostos, o que também ajuda a alavancar ainda mais os seus ganhos.

Assim, diferente dos fundos imobiliários (FIIs), nos quais o investidor está sujeito ao pagamento de imposto de renda sobre o ganho de capital obtido com a compra e venda de cotas, no caso dos fundos de infraestrutura esse ganho é livre de tributação.

Semana especial de FI-Infras

Quer saber mais sobre o tema? Acompanhe o Suno Notícias até o dia 30 de junho para conferir a Semana de FI-Infra do Grupo Suno.

Por meio de vários canais (redes sociais, notícias, vídeos, lives e conteúdos por e-mail), vamos levar informações sobre essa classe de investimento recente na Bolsa e que ainda gera muitas dúvidas nos investidores.

Aproveite para seguir o Instagram da Suno Asset (@sunoasset), que também contará com muitos conteúdos de qualidade sobre FI-Infra. Não perca!

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Minicurso-FIIS.png

Giovanni Porfírio Jacomino

Compartilhe sua opinião