Anote aí

Estados Unidos facilitam importação de aço brasileiro

Donald Trump, presidente dos EUA, aprovou uma flexibilização nas cotas de importação de aço do Brasil, Argentina e Coreia do Sul, segundo a Reuters. Desde março, eram cobradas sobretaxas de empresas que importassem além do limite. O alumínio argentino também está incluso na medida.

Como informa o Departamento do Comércio americano: “as companhias podem solicitar exclusões de produtos com base em quantidade insuficiente ou na qualidade disponível dos produtores de aço e/ou alumínio dos EUA. Nesses casos, uma exclusão da cota pode ser concedida e nenhuma tarifa seria devida.”

Até esse anúncio, as exportações brasileiras de aço semiacabado deveriam ficar abaixo da média vendida aos EUA entre 2015 e 2017, enquanto o aço acabado ficaria limitado a 70% dessa média. Agora, na prática, as empresas americanas podem comprar os produtos dos três países envolvidos sem pagar sobretaxas, mesmo que passem das cotas previamente estabelecidas.

Na Coreia do Sul, ações de empresas como a Hyundai Steel e a Posco, do setor do aço, dispararam com o anúncio da medida.

Daniel Quandt

Compartilhe sua opinião