Grana na conta

Estados Unidos retorna à posição de economia mais competitiva

Em pesquisa divulgada pelo Fórum Econômico Mundial os Estados Unidos aparecem como economia mais competitiva do mundo em 2018.

É a primeira vez que os Estados Unidos ocupam está posição desde 2008. Todavia, a retomada foi influenciada por uma nova metodologia utilizada pelo órgão.

No relatório, os EUA foram colocados como a nação mais próxima da “fronteira da competitividade”.

O ranking utiliza uma escala de 0 a 100 para avaliar a competitividade de cada país.

Conforme o levantamento, a país da América do Norte teve nota de 85,6.

Os outros quatro países que estão no topo da pesquisa são:

Cingapura, com 83,5 de pontuação; Alemanha, 82,8; Suíça, 82,6, e Japão, 82,5.

Enquanto isto, o Brasil caiu três posições em comparação com o ano passado.

O país tupiniquim ficou na 72ª, com 59,5 de pontos.

Entre os critérios utilizados na avaliação, estão fatores como cultura empresarial e o número de empresas disruptivas de mercados existentes.

O órgão ainda ressaltou que as últimas medidas comerciais de Donald Trump nos Estados Unidos não foram avaliadas.

Mateus Vasconcellos

Compartilhe sua opinião