Elon Musk estuda levantar US$ 3 bilhões para quitar dívida da compra do Twitter, diz jornal

A equipe de Elon Musk planeja levantar um capital de US$ 3 bilhões para quitar parcialmente uma dívida relativa à compra do Twitter (TWTR34) – feita pelo empresário em 2022 pela cifra de US$ 44 bilhões. As informações foram divulgadas pelo The Wall Street Journal, que apurou o assunto com pessoas familiarizadas com o assunto.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2021/05/6cd60e56-banner-home-3.jpg

Uma das vias para Elon Musk levantar o capital pode ser uma venda de ações do Twitter. Os papéis, vale lembrar, não estão mais listados em bolsa, dado que o bilionário comprou inteiramente a companhia e fechou seu capital na Nasdaq com a sua operação.

Musk negou a possibilidade de vender os papéis, negando que a notícia do Wall Street Journal era verdadeira em um tweet.

Além disso, outra via possível pode ser um aumento de capital (follow-on) que levantaria capital para quitar a parte com os juros mais pesados.

A dívida feita por Musk para comprar o Twitter foi de US$ 13 bilhões, incluindo diversos credores como o Morgan Stanley e Bank of America (BOAC34).

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Planilha-controle-de-gastos.png

Elon Musk demite moderadores de conteúdo do Twitter

Em um novo movimento para cortar custos do Twitter, o bilionário Elon Musk fez uma nova leva de demissões.

Segundo o jornal americano The Washington Post, ainda no domingo, Elon Musk fez demissões nos setores de moderação de conteúdo do Twitter no Brasil.

Contudo, outros funcionários do Twitter foram demitidos em outros lugares do globo, segundo a Bloomberg News. Tratam-se, também, de moderação da comunidade.

Ao todo, foram mais de 12 demissões na última sexta (6) em escritórios do Twitter em Dublin e Cingapura, segundo as informações da Bloomberg.

Dentre estes estão Nur Azhar Bin Ayob e Analuisa Dominguez, chefe de integridade do site para a região Ásia-Pacífico e diretora sênior de políticas de receita do Twitter, respectivamente.

Estimativas indicam que o total atual de funcionários do Twitter está em cerca de 2 mil profissionais. Eram 7,5 mil quando Elon Musk adquiriu a plataforma.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião