“Este é um dos melhores momentos para investir na Bolsa de Valores”, aposta gestor

Corte da taxa Selic, controle da inflação e dólar em queda. Em entrevista ao Suno Notícias nesta última terça-feira (19), o gestor da AZ Quest, Marcello Paixão, esbanjou otimismo com o atual cenário econômico, sugerindo que este é um dos melhores momentos para investir na bolsa de valores brasileira.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

O gestor responsável pelos fundos sistemáticos da AZ Quest acredita que esses ingredientes – juros em queda, controle da inflação e dólar mais baixo – ajudam nas métricas das empresas listadas em bolsa. Além disso, as ações estão baratas, “com a maioria dos setores com preço abaixo da média dos últimos 20 anos”, lembra Marcello Paixão.

No cenário interno, os aspectos macroeconômicos favorecem os ativos de risco, em especial, o mercado acionário. O gestor afirma que “estamos avançando no combate à inflação e dentro de um processo de corte de juros”.

O consenso de mercado, comenta Paixão, “é uma continuidade no corte da Selic em 0,5% e com uma projeção da taxa entre 8% e 9% para 2024”.

Outro importante sinal é que “os Estados Unidos estão perto do pico de sua taxa de juros. Isso é vantajoso para os países emergentes, uma vez que enfraquece o dólar”, comenta o gestor.

Ou seja, o gestor acredita que este é um excelente momento investir na bolsa, uma vez que temos papéis baratos e o “país está entrando num período de recuperação econômica”.

“A gente está apenas no início de recuperação da bolsa de valores”

Em setembro o mercado está em recuperação. A bolsa de valores foi muito afetada em agosto pela queda das ações das empresas de commodities.

Porém, o gestor acredita que a perspectiva para a Bolsa daqui para frente é melhor, mas ainda com algumas ressalvas. Uma delas é a taxa de juros dos EUA e o preço do petróleo.

No geral, o cenário é positivo com esse ciclo de corte da taxa Selic, que tende a favorecer o mercado de risco. “As empresas estão começando a estabilizar resultados e estão muito baratas”, destaca Paixão.

Para exemplificar a recuperação dos ativos da bolsa de valores, Marcelo Paixão cita alguns ativos.

Dentro das métricas de avaliação, qualidade, crescimento, momento e baixo risco, na área de fundos sistemáticos da AZ Quest, algumas ações estão ranqueando bem neste contexto. Ações como Marcopolo (POMO4), Metal Leve (LEVE3) e outras do setor industrial e tecnologia estão “voando”.

Já os setores mais defensivos, como energia, os fundos sistemáticos estão desmontando suas posições.

“Conforme a economia vai se recuperando, nosso modelo de análise dá preferência a setores mais cíclicos, como o de construção civil”, comenta Paixão. Um bom exemplo é a Cyrela (CYRE3). Com a estabilização da economia, os fundos migram para setores mais agressivos.

Entre os fundos sistemáticos geridos por Paixão, um dos destaques é o AZ Quest Bayes Long Short, que tem como objetivo “comprar ações de empresas que performam bem na Bolsa de Valores em critérios de valor e qualidade”.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Gustavo Bianch

Compartilhe sua opinião